Menu
Busca domingo, 05 de julho de 2020
(63) 99958-5851
Araguaína
35ºmax
19ºmin
CRISE

Dilma cogita demitir Jobim; Lula tenta evitar

30 julho 2011 - 15h46

Depois de dizer que votou em José Serra (PSDB) para presidente da República, a estadia de Nelson Jobim no ministério da Defesa deve ser bastante abreviada. Reportagem da Folha mostra que a presidente Dilma Rousseff tratou Jobim de forma protocolar em evento na sexta-feira, demonstrando sua irritação com ele. Aparentemente, o fato de Jobim ter exposto sua preferência não foi o maior motivo de incômodo, mas sim o fato de não ter avisado Dilma sobre o teor da declaração.

O Planalto registrou que Jobim revelou o voto em Serra na terça de manhã mas não antecipou a declaração, que seria publicada no dia seguinte, na reunião que teve com Dilma naquele dia. Ontem [sexta-feira], integrantes do alto escalão tratavam da demissão sem cerimônia. Dilma chegou a ouvir de diversos interlocutores que o melhor seria demiti-lo de imediato.
Segundo o Globo, quem tenta segurar Jobim é o ex-presidente Lula. Ele defendeu o ministro em evento no Rio:

Está cheio de gente que votou no Serra e gosta de mim hoje. Pode ter gente que votou em mim e gosta do Serra… A gente não pode fazer política achando que quem não votou na gente é pior do que quem votou”, disse. (Do site da Revista Época)

AO VIVO