Menu
Busca sábado, 11 de julho de 2020
(63) 99958-5851
Araguaína
34ºmax
21ºmin
PSD

Halum acompanha Kassab na apresentação do PSD à presidenta

18 agosto 2011 - 18h30

O deputado federal César Halum junto ao prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, e pelo menos 60 representantes do novo partido, se reuniu na manhã desta quinta-feira (18) com a presidente Dilma Rousseff, no Palácio do Planalto, para apresentar as diretrizes do PSD, partido cujo processo de criação consolidado.

Entre os presentes estavam cerca de 42 deputados federais, o senador Petecão do Acre, o governador Colombo de Santa Catarina, os vice-governadores do Mato Grosso, Rio Grande do Norte, Bahia e inúmeros deputados estaduais.

Durante a reunião desta manhã, Kassab apresentou a Dilma os objetivos do PSD e destacou que a sigla terá posição “independente” no Congresso Nacional. “A bancada do PSD está aqui para apoiar o Brasil, principalmente em relação à crise internacional que se aproxima e os problemas relativos à moralidade e impessoalidade na administração pública. O PSD terá postura de partido independente politicamente, um partido que por suas peculiaridades de formação, precisa e deve ter essa independência, mas, entretanto estaremos prontos para apoiar o que for bom para o Brasil”, disse.

Em seu discurso, a presidenta Dilma não pediu apoio, foi extremamente respeitosa e demonstrou entusiasmo com a criação do novo partido. “Fico feliz com a criação do PSD a qual não foi de cartório, mas sim formado por lideres importantes em todos os estados brasileiros. O governo saberá respeitar as diferenças, pois respeita a decisão do povo que nos elege”, disse Dilma que concluiu seu pronunciamento afirmando que não adotará critérios diferenciados para aqueles que não pensam da mesma maneira que ela. “Não serei pequena e muito menos medíocre. Vamos fazer um Brasil para todos os brasileiros”, afirmou a presidenta.

César Halum, diz estar contente com a criação do PSD. “Estou feliz por ser um dos fundadores do partido, pelo ótimo relacionamento com a bancada federal e a executiva estadual, e o principal, estou ciente de que terei mais oportunidades em uma bancada maior e independente”, afirmou o deputado tocantinense.

PSD no Tocantins
De acordo com Halum, o partido iniciará o processo de filiação em todos os municípios do Estado e começará a preparar os candidatos para as eleições de 2012. “O PSD protocola nesta sexta-feira a última etapa para o seu registro definitivo, com 531 mil assinaturas ‘certificadas’ pelos cartórios eleitorais, 40 mil acima do exigido por lei. O PSD ficou pronto”, e concluiu falando sobre seu apresso pelo PPS. “Tenho o maior respeito e admiração pelo PPS, pelo qual fui eleito. Não estou mudando de partido, estou criando um novo partido, é diferente”. (Da Ascom Dep. Fed. César Halum)

AO VIVO