Menu
Busca sábado, 19 de outubro de 2019
(63) 99292-6165
Araguaína
35ºmax
23ºmin
Assembleia Legislativa - Emendas para saúde

Gim Argello decide renunciar ao orçamento

07 dezembro 2010 - 17h57

O líder do PTB no Senado, Gim Argello (DF), decidiu renunciar à relatoria do Orçamento da União de 2011. A decisão será formalizada em carta ao presidente da Comissão Mista de Orçamento, deputado Waldemir Moka (PMDB-MS), e o objetivo do gesto, segundo ele, é o de não dar pretexto à oposição para criar uma nova crise e boicotar a votação do orçamento.

Ele também se desligará da comissão. Gim Argello tem sido alvo de denúncias de favorecimento de um esquema de entidades fantasmas, sobretudo ONGs, para a transferência de recursos do orçamento para o financiamento de projetos e eventos culturais e turísticos, inclusive com a utilização de documentos falsos e "laranjas".

As denúncias contra o senador - que é amigo pessoal da presidenta eleita Dilma Rousseff - têm sido publicadas em reportagens do jornal O Estado de S. Paulo, que inclusive entrevistou integrantes do esquema. Além de Gim Argello, estariam envolvidos diversos parlamentares, que pressionariam órgãos públicos federais a liberar recursos para essas entidades. Pela manhã, o senador havia decidido solicitar que a inidoneidade dessas entidades seja investigada pelo Ministério Público federal, o Tribunal de Contas da União e a Corregedoria Geral da União. (Com informações da Agência Senado)
 

AO VIVO