Menu
Busca segunda, 28 de setembro de 2020
(63) 99958-5851
Araguaína
38ºmax
22ºmin
CONFUSÃO

Bonifácio se irrita com imprensa, coloca cargo no governo à disposição

21 setembro 2011 - 17h31

Depois de toda a discussão acerca da convocação do secretário estadual da Comunicação, Arrhenius Naves para prestar esclarecimentos sobre os mais de R$ 3 milhões contratados pelo governo junto à agências de publicidade sem processo licitatório, o líder de governo, José Bonifácio (PR) subiu mais uma vez à tribuna para frisar seu posicionamento sobre a votação desta manhã.

Em seu discurso, o deputado frisou que em mais de 20 anos de vida parlamentar, nunca deixou de se posicionar com relação a assuntos, mesmo os mais difíceis, contra o governo. Sobre sua atuação na atual Legislatura, o deputado destacou que sempre que precisou atuou no sentido de sustentar e aprovar os projetos do governo. “Aqui nessa Assembleia nunca nenhuma matéria de importância do governo foi rejeitada”, completou.

O pronunciamento foi feito depois de duas matérias veiculadas no Conexão Tocantins nesta manhã, tratando justamente da postura do líder de governo na aprovação da convocação do secretário. Nas matérias, foi retratada a reação da bancada governista depois que Bonifácio deixou de orientar a bancada com relação ao requerimento do deputado Wanderlei Barbosa (PSB). Na ocasião, os deputados Freire Junior (PSDB) e Marcelo Lelis (PV) se colocaram contrários à aprovação da matéria e da postura de Bonifácio.

Já nesta tarde, o deputado do PR destacou que não se prende à liderança de governo para defender o governo de Siqueira Campos. “Mesmo antes de ser líder de governo, eu já defendia o governador”. O deputado ainda frisou que tem a consciência de que é difícil conseguir o consenso unânime da base governista. “Nunca tive o consenso da minha bancada. Não de toda a minha bancada”, disse.

Depois de comentar sobre as matérias veiculadas, o deputado ainda frisou que coloca seu cargo de líder de governo, caso seja a vontade do governador Siqueira Campos. E ainda aproveitou para fazer suas sugestões. “O cargo de líder de governo está à disposição do governador e eu já indico o deputado Amélio Cayres e o deputado Marcelo Lelis”, disse.

Passado o desabafo do deputado, seguiu-se uma série de pronunciamentos de apoio a Bonifácio no plenário. Entre parlamentares de governo e oposição, todos destacaram a vontade de manutenção do deputado do PR na liderança de governo. O deputado José Augusto Pugliesi ainda aproveitou para alfinetar a imprensa. De acordo com ele, “a imprensa fala bem quando tem interesse e fala mal quando tem necessidade”.(Do Conexão Tocantins)

AO VIVO