Menu
Busca sábado, 07 de dezembro de 2019
(63) 99292-6165
Araguaína
33ºmax
22ºmin
Ethos Comunicação
Assembleia Legislativa
MOMENTO HISTÓRICO

Primeiro delegado a assumir uma cadeira na AL gera esperança de apoio para categoria no Tocantins

06 agosto 2019 - 09h27

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Antonio Andrade (PHS), fará nesta terça-feira, 6, a abertura do 2º Período Legislativo, da 9ª Legislatura, às 15h. A sessão marca o retorno dos parlamentares aos trabalhos legislativos, que neste semestre conta com os suplentes, Delegado Rerisson (DC), Gleydson Nato (PHS) e  Ivan Vaqueiro (PPS).

Ivan Vaqueiro e Delegado Rerisson foram empossados em julho, na última sessão legislativa, antes do início do recesso parlamentar. Já a posse de Gleydson Nato, que assume a cadeira do deputado Eduardo Siqueira Campos, ocorrerá após a abertura dos trabalhos nesta terça. Eduardo deve ficar afastado do Parlamento oficialmente 121 dias para tratamento de Saúde.

Rerisson Macedo

O momento é histórico na Assembleia Legislativa especialmente para o parlamentar Rerisson Macedo que se torna o primeiro delegado de Polícia Civil do Tocantins a tomar posse como deputado estadual. A posse dele na Assembleia cria expectativas positivas relacionadas a iniciativas em prol da Segurança Pública, uma das principais bandeiras defendidas por ele em sua campanha nas eleições de 2018, quando prometeu lutar pelos interesses da classe que representa bem da população em geral.

Delegado Rerisson ficou como 1º suplente nas últimas eleições e agora chega o momento de mostrar trabalho na Assembleia. Para o presidente em exercício do Sindepol, Ibanez Ayres a representatividade de Rerisson na Casa de Leis é visto com bastante expectativa e esperança de que a situação da Polícia Civil melhore no Estado: “Estamos vivendo tempos difíceis com sucateamentos e precariedade nas delegacias e, para nós, a posse do delegado Rérisson como deputado estadual é boa notícia”, afirmou Ibanez.

Perfil

Rerisson Macedo tem 57 anos, é bacharel em Direito pela Universidade de Fortaleza (Unifor) e está no serviço público há 37 anos.

Pós-graduado em Segurança Pública e em Docência do Ensino Superior, ele foi delegado de polícia nas comarcas de Ananás (cinco anos) e Araguaína (13 anos).

Também já foi vice-prefeito da cidade de Riachinho (TO) e assumiu a gestão por um ano após a saída do então prefeito.

AO VIVO