Menu
Busca domingo, 12 de julho de 2020
(63) 99958-5851
Araguaína
35ºmax
21ºmin
COLUNA

Vitrine Cultural

por Vitrine Cultural
CORONAVÍRUS

Show de Gusttavo Lima é suspenso mas organização manterá a venda de ingressos

15 março 2020 - 16h16

Eventos em locais de concentração de massa, inclusive àqueles já autorizados pelo Município ficam suspensos a partir do decreto de situação de emergência em saúde pública publicado no final da tarde deste sábado, 14, pela prefeita de Palmas, Cinthia Ribeiro. A decisão ocorre em resposta às medidas de enfrentamento à pandemia provocada pelo novo coronavírus (Covid-19). O Decreto foi publicado no Diário Oficial do Município às 20h42, de hoje.

Gusttavo Lima

Um dos eventos mais esperados deste mês na capital é o show do "Embaixador" Gusttavo Lima. Com mais de 8 mil ingressos vendidos ele estava previsto para acontecer na próxima quarta-feira (18), contudo, diante das medidas adotadas pelo município, a apresentação do cantor sertanejo não acontecerá mais na próxima semana. A estrutura já tinha começado a ser montada ao lado do Estádio Nilton Santos.

A organização do show chegou a divulgar nesse sábado (14) que como não há nenhum caso de coronavírus confirmado no Tocantins não teria como transmitir de uma pessoa para a outra no evento. “...nada de pânico. O Show do nosso embaixador Gustavo Lima está autorizado”, disse a organização. O cantor também chegou a publicar em suas redes sociais a divulgação do evento em Palmas.

Logo após a divulgação do decreto, a organização do evento publicou o seguinte comunicado nas redes sociais: 

Já neste domingo (15), em novo comunicado, a organização confirmou a suspensão mas garantiu que o show será realizado em nova data, assim que a situação se normalizar e disse ainda que os ingressos continuarão disponíveis nos pontos de vendas na capital. Veja a nota na íntegra: 

Suspensão de eventos e aulas

Além de suspender os eventos em locais de concentração de massa, a medida também suspende a partir de hoje, as aulas na rede pública municipal, as atividades do Centro de Criatividade da Fundação Cultural de Palmas, as aulas e apresentações da Orquestra e Coral Jovem da Guarda Metropolitana. 

Embora Palmas não tenha nenhum caso de contaminação confirmado pelo novo coronavírus, a medida tem caráter cautelar e é mais uma estratégia para conter a disseminação da doença, que é infecciosa e transmitida pela via respiratória”, explicou o secretário Municipal da Saúde, Daniel Borini Zemuner.

Até este momento, Palmas tem dois casos suspeitos notificados ao Ministério da Saúde e quatro suspeitos, em monitoramento.

COE é ativado

A Prefeita também ativou o Centro de Operações de Emergência em Saúde (COE-Palmas Covid-19), que é coordenado pela Secretaria Municipal de Saúde, para monitoramento da emergência em saúde pública declarada e que já realizou sua primeira reunião na tarde deste sábado. 

O COE é uma estratégia prevista nos protocolos do Ministério da Saúde e é ativado pelos entes públicos em situações de emergência. É competência do COE-Palmas Covid-19, modificar ou alterar medidas referentes ao enfrentamento da proliferação do novo coronavírus, de acordo com a evolução do cenário epidemiológico.

Plano de Contingência

Desde o último dia 28 de janeiro, o Município de Palmas está com seu Plano de Contingência montado, o que significa que a Rede Municipal de Saúde está apta a executar o fluxo e processos de trabalho relacionado ao novo coronavírus, caso haja necessidade. Desde essa data, todas unidades municipais de saúde - Centros de Saúde da Comunidade (CSCs) e Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) - são portas de entrada para qualquer atendimento relacionado ao novo coronavírus, com isolamento e protocolo específico, conforme preconiza o Ministério da Saúde.

Idosos

Por se tratar de um público com bases epidemiológicas e faixa etária mais suscetível, a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, em conjunto com a Semus, suspenderam na última sexta-feira, 13, as atividades do Parque da Pessoa Idosa pelos próximos 15 dias.

Monitoramento

Além de monitorar todos os casos suspeitos, a Semus está acompanhando permanentemente o quadro epidemiológico de Palmas, e se houver necessidade, as medidas e o protocolo serão revistos a qualquer momento.

Vigência

O município não divulgou data para suspender o decreto mas destacou que tais medidas podem ser reavaliadas a qualquer momento: "o decreto se manterá até que o estado de emergência causado pelo novo coronavírus (Covid-19) perdure, podendo sofrer alterações de acordo com a evolução do cenário epidemiológico", diz o comunicado da prefeitura.

Leia o decreto na íntegra aqui.

AO VIVO