Menu
Busca sábado, 19 de outubro de 2019
(63) 99292-6165
Araguaína
35ºmax
23ºmin
Assembleia Legislativa - Emendas para saúde
COLUNA

Vitrine Cultural

Parada do orgulho gay reúne milhares de pessoas em Araguaína

11 dezembro 2010 - 21h17

Aconteceu no fim da tarde deste sábado, 11, a 1º parada Gay da cidade de Araguaína com o tema “Araguaína Sem Homofobia”. Gays lésbicas e simpatizantes uniram forças na mobilização que movimentou as principais ruas da cidade nesse fim de semana.

O movimento foi organizado pela ONG do Grupo de Gays que Amam a Vida (GGAV) contando com o apoio da Secretaria de Saúde do Município que também tinha representantes participando, distribuindo panfletos e camisinhas para quem estava prestigiando a passeata.

A programação começou timidamente às 15h:30 com a concentração de alguns dos participantes no pátio da boate Ibiza. Às 17h:00, a movimentação já era intensa, com muitas pessoas vindas de toda a região, Palmas, Xambioá, Imperatriz, Marabá, Colinas, além de curiosos que se aglomeravam nas calçadas das ruas para observar o movimento. Entre eles o balconista André Sousa, 21 anos, que em entrevista disse que estava ali pra "matar" a curiosidade do evento: “É bem interessante, tem muitas figuras engraçadas, eu vim aqui pra ver como eles se apresentariam pelas ruas, achei muito divertido!”

Já a universitária Camila Fernandes, 23 anos, que também estava ali para assistir à caminhada diz que ficou surpresa com o movimento e achou corajosa a atitude de quem participou ativamente. “Para uma primeira Parada Gay, acho que deu muita gente, eles estão de parabéns, aprecio a coragem que o grupo tem de enfrentar o preconceito de cara e expor sua identidade ao vivo e a cores pra todos verem”.

A participação de grupos GLS da cidade e região superou as expectativas pretendidas pela organização, que em entrevista exclusiva ao Portal O Norte no último dia 7, véspera do evento, através de um dos organizadores, Valdson Neves, afirmou que esperava cerca de 500 pessoas participando da campanha. A surpresa foi que entre participantes e espectadores, aproximadamente mil pessoas estavam presentes na movimentação. “Realmente ficamos surpresos e muito satisfeitos, particularmente falando, me sinto bastante emocionado em saber que o nosso primeiro evento tomou uma proporção inesperada como essa” disse Valdson na concentração, pouco antes do início da caminhada.

Apesar da dificuldade em conseguir apoio para a realização da Parada, podemos dizer com muita satisfação que valeu à pena cada segundo dedicado a essa campanha, quero agradecer a todos que estão nos apoiando e especialmente à imprensa da nossa cidade que está fazendo a cobertura do nosso evento” essas foram as palavras de Dara Lídia, uma das personalidades que estavam à frente do movimento e que de cima do trio elétrico animava o público e discursava em alto e bom som defendendo os direitos dos homossexuais e incentivando a todos a quebrarem as barreiras do preconceito e da violência contra os homossexuais. “Ainda existe muito preconceito impregnado em nossa sociedade, o que precisamos é sermos respeitados independente de nossa opção sexual, somos cidadãos como qualquer um” completa Lídia.


Os participantes terminaram o percurso já à noite na Avenida Filadélfia em frente à CONAB. Por falta de apoio e recursos específicos para o evento, o grupo não pode trazer nenhuma apresentação artística especial explica Valdson Nunes “Não tivemos recursos suficientes para trazer uma apresentação artística especial, mas tenho certeza que a próxima festa nós vamos conseguir realizar com mais recursos e apoio, o primeiro passo já foi dado” pontua.

Ainda nesta noite, após a caminhada, o grupo dará uma festa no Balneário “Água Doce” que fica próximo à "Jacubinha", onde gays lésbicas e simpatizantes irão comemorar o sucesso da 1º Parada Gay da cidade.


AO VIVO