Palmas
29º
Araguaína
28º
Gurupi
30º
Porto Nacional
29º
EMPREENDEDORISMO FEMININO

Projeto Força Mulher forma 261 mulheres no Bico do Papagaio

30 agosto 2022 - 15h03Por Ascom

Ser protagonista da própria história, convertendo sonhos em oportunidades. Este, sem sombra de dúvidas, é o desejo soberano de todas as mulheres participantes do projeto Força Mulher, que busca, sobretudo, promover a realização pessoal por meio do fomento ao empreendedorismo feminino em todo o estado do Tocantins. Nesta terça-feira, 30, é a vez de 261 empreendedoras da região do Bico do Papagaio serem certificadas nas áreas de gastronomia, beleza e serviços no setor da construção civil. A solenidade ocorrerá em Araguatins, na Arena Pequi (Clube da Polícia Militar), a partir das 19h.

Segundo Cristiane Tavares, uma das formandas e proprietária do empreendimento Negócios da Cris em Itaguatins, o projeto trouxe inovação para o seu cardápio e aumento na clientela. “O curso de Pães, Pizzas e Cupcakes foi e está sendo de grande valia no meu negócio. Comecei também a comercializar enroladinhos de queijo e hoje é o carro chefe do meu negócio”, pontua.

Moisés Gomes, superintendente do Sebrae Tocantins, destaca que o Sebrae, com o Força Mulher, se preocupa não só com a formação e a preparação para que o cenário empreendedor se torne cada vez mais competitivo, mas também com o fortalecimento da economia nas cidades. “O projeto leva prosperidade e dignidade, além de uma gama de serviço de qualidade, aos quais nos empenhamos em prepará-las da melhor maneira. Por isso, o Força Mulher é tão forte”, enfatiza.

Além dos certificados de conclusão de curso, estas mulheres recebem o kit com os insumos necessários para começar a empreender na área escolhida. O Sebrae dá todo aporte para a formalização e inserção destas empreendedoras no ambiente de negócios de seus respectivos municípios.

Projeto Força Mulher

Como alternativa para vencer a crise econômica agravada pela pandemia, o Sebrae idealizou, em 2021, o projeto Força Mulher. O objetivo é proporcionar às mulheres tocantinenses, em situação de vulnerabilidade social, condições necessárias à abertura de novos negócios. O Força Mulher tem como parceiro as Prefeituras Municipais, por meio dos Centros de Referência e Assistência Social (CRAS) e conta com o apoio do Sistema Fieto/Senai, Sistema Fecomércio/Senac, Sistema Faet/Senar.