Menu
Busca terça, 28 de setembro de 2021
(63) 99958-5851
Araguaína
36ºmax
24ºmin
MUNDO ANIMAL

5 tipos de relação entre gatos e seus donos; veja qual a sua

06 junho 2021 - 16h26Por Meio Norte

A definição dos cinco tipos de relacionamento humano-felino veio de uma pesquisa da Universidade de Lincoln. Os pesquisadores entrevistaram 3.994 donos de gatos sobre como eles interagem com seu animal de estimação e como seu animal de estimação interage com eles.

A partir das respostas, eles conseguiram traçar os cinco tipos de relacionamento. “Os gatos formam relacionamentos emocionais próximos com os humanos, mas pouco se sabe sobre isso”, explicou o professor Daniel Mills, especialista em comportamento animal da Universidade de Lincoln, ao site METRO.

“Como acontece com qualquer relacionamento social complexo, o tipo de vínculo do dono do gato é um produto da dinâmica entre os dois indivíduos envolvidos, juntamente com suas certas características de personalidade”, acrescentou ele.

Embora muitos gatos possam ser indiferentes, parece que isso não é tão comum quanto pode ser retratado. “A sociabilidade mais ampla do gato e as expectativas do proprietário podem ser significativas, e o nível de investimento emocional do proprietário no gato e a sociabilidade do gato parecem ser particularmente importantes para discriminar o tipo de relacionamento que eles têm juntos.”

1. Relação de co-dependência

Este gato muitas vezes depende de um dono muito envolvido emocionalmente. O dono normalmente brinca regularmente com o gato e é visto como parte do mesmo grupo social e como uma base segura.

Se você tem um relacionamento co-dependente, seu gato provavelmente não se relaciona bem com estranhos e pode até se esconder quando alguém entra em casa. Eles também gostam de estar ao seu lado o tempo todo e podem chorar ou não comer quando você estiver fora. Essa relação é especialmente comum entre pessoas solteiras com um gato dentro de casa.

2. Relação casual

Os gatos em um relacionamento casual com seu dono preferem viver ao ar livre a ficar confinados dentro de casa. Embora sejam perfeitamente amigáveis com você, eles não se importam em passar algum tempo separados e podem visitar outras casas na área, às vezes desaparecendo por dias a fio.

3. Amizade

Neste tipo de relacionamento, o dono está emocionalmente envolvido com o gato e frequentemente brinca com eles, e o gato é caloroso e amigável em troca. O dono é visto não apenas como parte do mesmo grupo social, mas também como uma base segura, de acordo com a pesquisa.

O gato se relaciona bem com os outros, ao mesmo tempo o gato e o dono podem funcionar de forma independente e feliz. Este gato gosta de estar perto do dono, mas não sente a necessidade de manter proximidade física com o dono. Por isso, a separação provavelmente não será problemática.

Esta relação parece ocorrer com mais frequência em famílias ocupadas com mais de um gato, e os gatos muitas vezes têm algum acesso externo.

4. Relacionamento remoto

Se você e seu gato têm um relacionamento remoto, você se preocupa com ele, mas não pensa nele como um membro da sua família ou seu melhor amigo. Esses gatos preferem manter distância das pessoas e não procuram seu dono, mesmo quando preocupados.

5. Relacionamento aberto

Se o seu gato for super independente e solitário, você pode ter um relacionamento aberto. Os gatos neste tipo de relacionamento se relacionam bem com outras pessoas e têm alguma proximidade com seu dono, mas não sentem necessidade de se aconchegar em seu colo ou lamber seu rosto.

AO VIVO