Menu
Busca domingo, 17 de novembro de 2019
(63) 99292-6165
Araguaína
31ºmax
23ºmin
Skala Modas

Eleições 2010 - Polícia Federal realiza trabalho ostensivo no Tocantins

29 setembro 2010 - 13h10

Desde a segunda-feira última (27), 20 equipes de Policiais Federais estão percorrendo o Estado para dar cobertura ostensiva às eleições em 21 das 35 zonas eleitorais do Tocantins. Nas outras 14 ZE´s será realizado serviço de inteligência.

Inicialmente, de acordo com o plano de cobertura definido em fevereiro deste ano, a PF atuaria em seis cidades. Mas, em função de informações obtidas nos últimos meses, dos acontecimentos recentes e da solicitação do Tribunal Regional Eleitoral do Tocantins (TRE-TO), a ação da PF aumentou em mais de 200%, sendo que a escolha das cidades levou em consideração, além do número de eleitores/habitantes, o histórico de conflitos eleitorais em eleições anteriores.

De acordo com a PF, os policiais federais atuarão junto com as outras forças de segurança como a Polícia Militar e a Polícia Civil e contará com o Exército Brasileiro em algumas localidades. De maneira ostensiva, a PF cumprirá seu papel de prevenir crimes, desencorajar candidatos ou cabos eleitorais da prática dos delitos previstos na legislação eleitoral, como a compra de votos, distribuição de cestas básicas, transporte irregular de eleitores, boca de urna, abuso da força ou de poder econômico.

Somadas a essas ações, e através dos seus órgãos de inteligência, a PF cumprirá suas atribuições constitucionais de reprimir os crimes eleitorais. A repressão e a prevenção têm o objetivo de garantir a participação democrática dos eleitores tocantinenses, sem que qualquer pessoa tenha seus direitos de livre escolha ameaçados. Nenhuma forma de coação ou engodo será tolerada pelas equipes da PF antes, durante ou depois das eleições.
Dessa forma, a PF espera contribuir para que no dia 3 de outubro o Tocantins celebre uma grande festa democrática, onde só o povo ganhe, independente de quem vença as eleições, informou o Delegado Regional Executivo da Polícia Federal, Ronaldo Guilherme. (Da assessoria de imprensa TRE)

AO VIVO