Palmas
24º
Araguaína
23º
Gurupi
22º
Porto Nacional
26º
IMUNIZAÇÃO

Campanha de vacinação contra a gripe é prorrogada até fevereiro

20 dezembro 2023 - 10h32

A campanha de vacinação contra a gripe, realizada desde novembro exclusivamente nos sete Estados da região Norte do Brasil, foi prorrogada até 29 de fevereiro de 2024. Em Araguaína, 57.632 pessoas compõem o grupo prioritário da campanha. Destes, apenas 48,03% realizaram a imunização.

SIGA o Portal O Norte nas redes sociais: FacebookTwitter e Instagram
 
O objetivo é reduzir as complicações, internações e a mortalidade decorrentes das infecções pelo vírus da Influenza na população-alvo para a vacinação. Até outubro, de acordo com dados do Ministério da Saúde, foram registrados 11.749 casos e 1.117 óbitos por influenza em todo o Brasil. Destes, 631 casos e 88 óbitos ocorreram na região Norte.
 
A vacinação contra a gripe é tradicionalmente realizada nos meses de abril e maio, mas, considerando as peculiaridades da região amazônica, o Ministério da Saúde adotou a estratégia do reforço a partir de novembro e, para 2024, já fica estabelecido o início no segundo semestre do ano.
 
Público-alvo
 
A vacina age contra os principais vírus da gripe em circulação no Brasil: Influenza A (H1N1 e H3N2) e Influenza B. Além disso, ajuda a proteger aqueles que são mais vulneráveis às doenças graves associadas à gripe, como a Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e a descompensação de quadros de doenças pré-existentes, que podem levar à morte.
 
O grupo prioritário é composto por idosos com 60 anos ou mais, trabalhadores da saúde, crianças de seis meses a menores de seis anos de idade, gestantes, puérperas, povos indígenas, professores, pessoas com comorbidades, pessoas com deficiência permanente, caminhoneiros, trabalhadores de transporte coletivo rodoviário de passageiros urbano e de longo curso, profissionais das forças de segurança e salvamento, profissionais das Forças Armadas, funcionários do sistema de prisional, população privada de liberdade, adolescentes e jovens em medidas socioeducativas e pessoas em situação de rua.
 
“Dentre os grupos prioritários, os que mais buscaram a imunização foram as gestantes e os idosos. A menor procura tem sido das puérperas e pessoas com doenças crônicas”, afirmou a enfermeira Zaynne Rossana, responsável pela Imunização em Araguaína.
 
Onde procurar a imunização
 
A vacina está disponível de segunda à sexta-feira em todas as UBS (Unidades Básicas de Saúde) de Araguaína. A UBS Araguaína Sul, UBS Setor Couto (Albeny Soares), UBS do Bairro de Fátima e UBS Dr. Francisco (Vila Aliança) funcionam das 7 às 19 horas. Já as demais atendem das 7h30 às 11h30 e das 13h30 às 17h30.