Palmas
31º
Araguaína
33º
Gurupi
34º
Porto Nacional
31º
SAÚDE PÚBLICA

Cirurgias pediátricas do HMA completa 5 anos com mais de 3 mil procedimentos

06 fevereiro 2024 - 11h01

3 de dezembro de 2018: nestes pouco mais de cinco anos desde que foi implantado, o serviço de cirurgias pediátricas do HMA (Hospital Municipal de Araguaína) já realizou um total de 3.064 procedimentos, uma média de três crianças operadas a cada dois dias dentro do centro cirúrgico da unidade.

SIGA o Portal O Norte nas redes sociais: FacebookTwitter e Instagram
 
Mais do que um número, a quantidade de procedimentos deu esperança para milhares de famílias que, até dezembro de 2018, tinham como única alternativa se deslocar para outras cidades, como a capital Palmas, além de outros estados, em busca de cirurgias eletivas ou de urgência.
 
“Os procedimentos realizados abrangem diversas áreas do corpo, seja para corrigir malformações congênitas, que ocorrem durante a gestação, ou tratar doenças adquiridas”, informa a diretora técnica do HMA, Dra Elena Medrado. 
 
Na última semana, o prefeito Wagner Rodrigues visitou a unidade para conversar com os pais de pacientes e colaboradores, e destacou que o HMA é um dos grandes exemplos de equipamentos públicos que funcionam com eficiência quando há o comprometimento de poder público e parceiros em prol da população.
 
Temos muito orgulho em constatar todos os dias que o nosso hospital municipal está salvando vidas e atendendo crianças de Araguaína e de outras cidades com excelência. É um trabalho conjunto responsável que vem dando resultado, a exemplo dos vários reconhecimentos que a unidade recebeu a nível nacional”, pontua Wagner.
 
“E é importante ressaltar que o HMA é considerado um importante polo de referência para o atendimento pediátrico no Tocantins”, complementou o diretor geral do hospital, Waldemar Cardoso.
 
A lista de procedimentos é extensa
 
O serviço implementado no HMA pelas cirurgiãs pediátricas Nyrla Yano e Joyce Lisboa é bem abrangente na variedade de procedimentos realizados, sejam eles eletivos ou de urgência, e com atuação em todos os setores do hospital, incluindo a UTI pediátrica. Nos últimos anos, as cirurgias contaram com a parceria e atuação dos cirurgiões pediátricos Rafael Miranda e Karla Rodrigues.
 
“A lista de intervenções comuns é ampla, variando desde a correção cirúrgica de hérnias umbilicais e inguinais, cirurgia de fimose, procedimentos para restabelecer o fluxo urinário, remoção total ou parcial do rim, remoção da vesícula biliar, correção cirúrgica de Doença do Refluxo Gastroesofágico, dentre tantos outros”, conta a cirurgiã Nyrla.
 
“Realizamos também cirurgias de urgência, como a drenagem de tórax, abscessos, a decorticação pulmonar, que é a retirada de tecido fibroso que envolve o pulmão, além de intervenções para condições como apendicites, volvo intestinal, intussuscepção intestinal e vários outros procedimentos”, pontua a médica Joyce.
 
Reconhecimento nacional
 
Em junho de 2023, o HMA recebeu do Ministério da Saúde a habilitação na assistência de alta complexidade cardiovascular e na realização de cirurgias cardíacas pediátricas. Com isso, a unidade tornou-se uma referência nacional para o procedimento.
 
Em 2021, a unidade conquistou o selo Acreditação Qmentum Internacional, nível de excelência Diamante, o mais alto do programa com sede no Canadá, que tem como foco o atendimento humanizado, boas práticas assistenciais e a governança clínica.
 
Além disso, o HMA é o único do Estado do Tocantins e o segundo da região Norte do Brasil contemplado com o prêmio “Melhores Hospitais Públicos do Brasil” do IBross (Instituto Brasileiro das Organizações Sociais de Saúde).
 
O serviço de cirurgia pediátrica é oferecido de forma gratuita no HMA, uma unidade de saúde custeada pela Prefeitura de Araguaína e Governo do Tocantins, recebendo também recursos da União para as cirurgias cardíacas infantis, e está sob gestão compartilhada do ISAC - Instituto Saúde e Cidadania.

*Prefeitura de Araguaína