Palmas
25º
Araguaína
29º
Gurupi
30º
Porto Nacional
25º
PRESSIONADA

Criticada por demitir funcionária atacada em loja, empresária diz que vítima também é culpada

09 dezembro 2023 - 10h07Por Da Redação

Após a repercussão do caso da vendedora Raylland (28 anos), que em seu local de trabalho teve parte da orelha arrancada por uma cliente sua, a dona da loja em Araguaína usou seu perfil no Instagram para se pronunciar após ser questionada por demitir a funcionária vítima da agressão. 

SIGA o Portal O Norte nas redes sociais: FacebookTwitter e Instagram

A loja do seguimento fitness é da influenciadora, Karenn Richet, que em seus stories decidiu falar sobre o assunto. Ela começou ressaltando que algumas pessas equivocadamente acharam que a briga se deu por conta de dívida da loja, quando na verdade se tratava de um assunto pessoal entre as duas. 

Sobre a decisão de demitir a funcionária atacada, Karenn que disse estar completamente desgastada com a repercussão, se justifica afirmando que tomou essa decisão como empresária e ainda alfinetou: "Nessa história, de inocente não tem ninguém e vocês não sabem da missa a metade", disse acrescentando que Raylland estava em período de testes na loja: "Ela não era uma contratada efetiva", direcionando ainda resposta em tom de ironia para comentários que criticaram a sua decisão: "aproveita e contrata pra sua empresa".

Nos vídeos gravados pela influenciadora ela também manda recado para outra ex-funcionária que teria saído em defesa de Raylland: "Sua opinião não vale de nada, nem seu serviço prestou. Por isso foi demitida por não ser competente para sua profissão", afirmou em tom ácido.  

Por fim Karenn destaca afirmando: "Mexeu com minha loja, mexeu com meu calo".

 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por O NORTE | QUEM É DAQUI ACESSA! (@portalonorte)