Palmas
26º
Araguaína
24º
Gurupi
23º
Porto Nacional
27º
SETEMBRO AMARELO

Educadores de Araguaína participam de evento sobre saúde mental

31 agosto 2022 - 11h15

Na expectativa para o Setembro Amarelo, a campanha que tem como objetivo prevenir o suicídio, palestras já começaram a ser trabalhadas com mais de 20 coordenadores da Educação Infantil de Araguaína.  No último dia 26, temas sobre saúde mental e acolhimento emocional foram ministrados por profissionais do CAPS (Centro de Atenção Psicossocial) 2 aos educadores com foco na comunidade escolar.

 O evento abordou além de temáticas sobre o acolhimento emocional das crianças nas escolas, os preconceitos relacionados ao tratamento e as doenças mentais, e também a importância e como funciona a RAPS (Rede de Atenção Psicossocial). 

“Os educadores poderão replicar essas informações em toda a comunidade escolar, para os familiares e nos espaços onde estiverem”, destacou o supervisor do CAPS 2, Weliton Pires.

A temática atraiu a atenção da psicóloga e professora de um colégio particular da cidade, Alexandra Oliveira. Segundo ela, as escolas possuem um papel essencial no desenvolvimento humano. “Nós temos uma disciplina de Educação Socioemocional por ter essa preocupação com a saúde mental dos nossos alunos e estamos sempre participando de ações para levar a conhecimento de toda essa rede de apoio que temos em Araguaína”.

Saúde mental na juventude

Além dos profissionais da educação, a enfermeira e terapeuta ocupacional do CAPS Infantil Fernanda Aguiar também esteve presente.  A unidade atende a faixa etária de 3 a 17 anos, em que uma das maiores preocupações tem sido o emocional dos jovens. “Essa participação das escolas é importante para acolher nossas crianças e jovens”.

Preservação da vida

Segundo dados da ONU (Organização das Nações Unidas), o suicídio é a segunda principal causa de morte entre jovens de 15 a 29 anos de idade, ultrapassando 800 mil casos por ano no mundo. O Município abraça a campanha de prevenção ao suicídio, com intuito de preservar vidas e disseminar informações sobre o suporte psicológico e emocional oferecido gratuitamente aos moradores.

Durante o mês de setembro, diversas secretarias e órgãos do Município estarão engajadas na campanha com uma programação variada como: desfile, blitz, palestras e iluminação do Cristo Redentor na cor amarela e também dos prédios públicos.

Nas UBS (unidades básicas de saúde), serão realizadas rodas de conversa com os profissionais dessas unidades trabalhando a temática para a população e ainda uma palestra para os servidores da Secretaria da Saúde.
 
Programação do Setembro Amarelo

Dia 2 (sexta-feira)

8h - Capacitação para profissionais que irão atuar na campanha (Auditório do Fórum, na Avenida Filadélfia).

Dia 7 (quarta-feira)

Lançamento da Campanha Setembro Amarelo e Desfile do Sete de Setembro (Via Lago).

Dia 10 (sábado)

Iluminação de locais públicos (Fórum, Câmara Municipal, Secretaria da Saúde, Cristo Redentor, etc).

Dia 13 (terça-feira)

8h - Blitz promovida pela RAPS e Rede de Apoio (vários pontos da cidade).

Dia 14 a 29

Circuito de palestras para a população.

Dia 30 (sexta-feira)

Momento para falar de vida com música, arte e beleza (Via Lago).