Palmas
32º
Araguaína
35º
Gurupi
34º
Porto Nacional
32º
SALVANDO VIDAS

Famíia de Araguaína autoriza doação dos órgãos de paciente com morte cerebral

12 dezembro 2023 - 09h02

Um gesto de amor e solidariedade de uma família, na cidade de Araguaína, proporcionou a 10ª captação de múltiplos órgãos do Estado do Tocantins, em 2023. Na ocasião, foram captados os rins, direito e esquerdo, de um paciente de 51 anos, que evoluiu para morte encefálica. A captação ocorreu na segunda-feira, 11, no Hospital Dom Orione (HDO), por uma equipe médica de Brasília/DF.

SIGA o Portal O Norte nas redes sociais: FacebookTwitter e Instagram

Atualmente, a captação de órgãos no Estado é realizada em Palmas, no Hospital Geral de Palmas (HGP); e em Araguaína, no Hospital Regional de Araguaína (HRA) e no Hospital Dom Orione (HDO).

A responsável pela Central de Transplante do Tocantins (Cetto), Suziane Aguiar Crateús Vilela, explicou que o Governo tem trabalhado para iniciar a captação desses órgãos em Gurupi e Augustinópolis. “Com a ampliação da rede de cuidados intensivos nas unidades hospitalares geridas pelo Estado, teremos condições de captar órgãos nessas unidades. Isso ampliará o serviço de captação no nosso Estado e, consequentemente, a possibilidade de vida para milhares de pacientes que aguardam na fila para um transplante”, revelou.

Como ser um doador

Para se tornar um doador de órgãos, não se faz necessário deixar nenhum documento por escrito, porém é fundamental comunicar à família o desejo de doação, pois eles serão os responsáveis por autorizar ou não a doação. Pela legislação brasileira, não há como garantir efetivamente a vontade do doador, no entanto observa-se que, na grande maioria dos casos, quando a família possui conhecimento do desejo de doar do parente falecido, este desejo é respeitado.

Números

No Tocantins, a captação de órgãos teve início em 2018, e, até o momento, já foram feitas 44 captações; e dessas, 10 foram em 2023. Além de órgãos, também é realizada a captação de tecidos oculares. No Estado, é realizado o transplante de córneas; de acordo com dados da Cetto, de 2018 a 2023, foram feitos 328 transplantes de córnea.