Palmas
24º
Araguaína
23º
Gurupi
23º
Porto Nacional
25º
ARAGUAÍNA

HDT-UFT promove capacitação sobre a monkeypox para profissionais da saúde

19 agosto 2022 - 10h42

O Hospital de Doenças Tropicais da Universidade Federal do Tocantins (HDT-UFT/Ebserh), por meio da Gerência de Ensino e Pesquisa está desenvolvendo desde o mês de julho, projeto em parceria com entes que compõem a Rede de Atenção à Saúde (RAS) com intuito de alinhar condutas relacionadas ao manejo da monkeypox no município de Araguaína (TO) e região. As ações contemplam capacitações on-line e presenciais, e a disponibilização do CDC - Canal de Discussão de Casos relacionados à doença.

Na tarde desta quarta-feira (17), ocorreu nas dependências do hospital, um circuito de treinamento presencial para o público interno e externo, realizado em cinco estações (salas diferentes), com a abordagem dos temas: introdução e resumo da doença; fluxo do atendimento; notificação; uso correto de Equipamento de Proteção Individual (EPIs); e coleta do exame, que contou com a participação do Laboratório Central de Saúde Pública do Tocantins (LACEN-TO).

No total, foi contabilizado o envolvimento de 75 profissionais, entre instrutores e colaboradores do HDT-UFT, do município e do Estado. A gerente de ensino e pesquisa, Danielle Barros explica que de acordo com o perfil universitário do hospital, “temos como principal aliado para contribuir no controle da doença, a disseminação de informações de qualidade, que vai ao encontro de um dos pilares do projeto, que é a formação de multiplicadores”, destacou.

A gestora ressalta ainda que além de apropriar os profissionais da assistência sobre as condutas e protocolos no manejo da monkeypox, o projeto também visou contemplar módulos expositivos com linguagem apropriada aos profissionais do administrativo, da limpeza, manutenção e prestadores de serviço, de modo a proporcionar um ambiente seguro para os pacientes e todos os trabalhadores.

Capacitação on-line

Está disponível na plataforma do Youtube do HDT-UFT, aulas produzidas por residentes médicos e multiprofissionais, no formato de vídeos de curta duração com explanação dos temas: resumo da doença, fluxo de atendimento e notificação, demonstração do uso correto do EPIs e coleta do exame. Para acessar o conteúdo basta clicar aqui, acessar o cartão interativo, ou pesquisar o material no canal do HDT-UFT no youtube.

CDC

O Canal de Discussão de Casos é uma ferramenta online, via Teams, na qual ocorre interação entre profissionais da saúde relacionados ao cuidado dos pacientes de possíveis casos de monkeypox (da Unidade de Saúde solicitada e do HDT-UFT). O suporte profissional está em funcionamento desde julho e ocorre quando acionado por algum profissional da RAS, deste modo, há uma troca de informações acerca do caso para alinharem a melhor conduta. Em atendimento à Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (13.709/18), não é permitido a exposição de dados pessoais ou imagens em que o paciente possa ser identificado durante a discussão.

No Plano de Contingência da Monkeypox, o HDT-UFT/Ebserh é referência em casos moderados para internação em Araguaína.

Sobre o hospital

O HDT-UFT é o primeiro hospital universitário federal do Estado do Tocantins, oferta atendimentos especializados em doenças infectoparasitárias e faz parte da Rede da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) desde fevereiro de 2015.