Menu
Busca sexta, 30 de julho de 2021
(63) 99958-5851
Araguaína
34ºmax
19ºmin
PANDEMIA

Brasil ultrapassa marca de 18 milhões de infectados e registra 87 mil novos casos de Covid

23 junho 2021 - 14h49Por Terra/Com informações do Estadão Conteúdo

O Brasil ultrapassou nesta terça-feira (22) a marca de 18 milhões de casos de covid-19 desde o início da pandemia. De acordo com o Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass), o país contabiliza 18.054.653 contágios, após um acréscimo de 87.822 em 24 horas.

Com a pandemia fora de controle, o Brasil também soma 504.717 mortes, tendo registrado 2.131 óbitos em um dia. Apenas os Estados Unidos têm mais contágios e óbitos em termos absolutos: 33.560.511 e 602.380, respectivamente.

As médias móveis de casos e mortes continuam apresentando tendência de alta: são 74.490 contágios e 2.003 vidas perdidas. A taxa de letalidade do coronavírus no Brasil permanece em 2,8% e o índice de mortalidade por cada 100 mil habitantes subiu para 240,2.

Ainda segundo o boletim do Conass, o estado de São Paulo é o mais afetado pela emergência sanitária, com 3.610.743 casos e 123.101 mortes. Na sequência, aparecem Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Paraná, Bahia e Santa Catarina.

Os números são atualizados no momento em que a cidade de São Paulo decidiu suspender a aplicação de vacinas anti-Covid, depois de mais de 60% dos postos da capital terem ficado sem doses de imunizantes.

Consórcio de imprensa

O Brasil registrou 2.080 novas mortes pela covid-19 nesta terça-feira enquanto a média de novos casos apresentou um aumento de 26% em relação à de duas semanas atrás. Já a média semanal de vítimas fatais, que elimina distorções entre dias úteis e fim de semana, ficou em 1.962, de acordo com os dados do consórcio de imprensa.

A média de novos casos da covid no Brasil tem se mantido acima dos 55 mil desde março deste ano, quando começou o que alguns especialistas consideraram como a "segunda onda" da pandemia no País e chegou nesta terça a 73.255. O número de novas infecções notificadas nas últimas 24 horas foi de 86.833.

No total, o Brasil tem 504.897 mortos e 18.056.639 casos da doença, mantendo-se ainda como a segunda nação com mais registros, atrás apenas dos Estados Unidos. Os dados diários do Brasil são do consórcio de veículos de imprensa formado por Estadão, G1, O Globo, Extra, Folha e UOL em parceria com 27 secretarias estaduais de Saúde, em balanço divulgado às 20h. Segundo os números do governo, 16,3 milhões de pessoas já se recuperaram da covid.

O Estado de São Paulo registrou nesta terça-feira um número alto de mortes por coronavírus, com 843 novas vítimas da doença. Outros cinco Estados também superaram a barreira de 100 óbitos no dia: Rio de Janeiro (185), Rio Grande do Sul (155), Goiás (138), Paraná (109) e Bahia (100).

O balanço de óbitos e casos é resultado da parceria entre os seis meios de comunicação que passaram a trabalhar, desde 8 de junho do ano passado, de forma colaborativa para reunir as informações necessárias nos 26 Estados e no Distrito Federal. A iniciativa inédita é uma resposta à decisão do governo Bolsonaro de restringir o acesso a dados sobre a pandemia, mas foi mantida após os registros governamentais continuarem a ser divulgados.

Nesta terça-feira, o Ministério da Saúde informou que foram registrados 87.822 novos casos e mais 2.131 mortes pela covid-19 nas últimas 24 horas. No total, segundo a pasta, são 18.054.653 pessoas infectadas e 504.717 óbitos. Os números são diferentes do compilado pelo consórcio de veículos de imprensa principalmente por causa do horário de coleta dos dados.

AO VIVO