Menu
Busca sábado, 25 de setembro de 2021
(63) 99958-5851
Araguaína
35ºmax
23ºmin
CASO DE POLÍCIA

Corpo de jovem é achado esquartejado ao lado de bilhete com os “próximos“

30 julho 2021 - 16h37Por Meio Norte

Um jovem de 18 anos foi encontrado esquartejado na tarde de quinta-feira (29), em Ponta Porã, a 326 quilômetros de Campo Grande, região de fronteira com o Paraguai. Eduardo Gonzalez Alvarenga teria sido mais uma vítima do grupo que se autodenomina 'justiceiros da fronteira'.

Conforme o boletim de ocorrência, Eduardo foi perseguido, alcançado e colocado dentro de um carro de luxo, no Jardim Universitário. Policiais chegaram no local em seguida, porém, os suspeitos já tinham fugido levando o rapaz.

Mais tarde, a polícia foi informada de que havia um carro em chamas às margens da BR-463. Perto do veículo, os policiais encontraram o corpo de Eduardo: esquartejado e com um bilhete ao lado.

O aviso dizia: "Celso Gonçalves e Leandro Gonçalves (Surubi), vocês são os próximos". O papel foi recolhido para perícia, assim como as nove cápsulas encontradas junto ao carro: três de pistola 9 mm; 5 de pistola 556 e uma de pistola 762.

O carro incendiado ficou completamente destruído e, segundo a polícia, sem condições de identificar a placa ou chassi. O veículo é do mesmo modelo usado no sequestro de Eduardo.

Bilhete que teria sido deixado pelos suspeitos — Foto: Redes sociais 

Como o crime aconteceu no Brasil, foi registrado e será investigado pela Polícia Civil de Mato Grosso do Sul como homicídio qualificado pelo emprego do meio e pelo recurso que dificultou a defesa da vítima.

Eduardo Gonzalez morava em Ponta Porã e, de acordo com a polícia, não tinha passagens criminais.

 

AO VIVO