Menu
Busca sábado, 18 de setembro de 2021
(63) 99958-5851
Araguaína
36ºmax
21ºmin
PANDEMIA

Estudante de 22 anos que defendia o isolamento social morre de Covid

07 junho 2021 - 10h47Por Com informações do G1

O estudante Matheus Lopes de Carvalho morreu, aos 22 anos, devido às complicações da Covid-19 em Santos, no litoral de São Paulo. Segundo a professora Katherine Lopes De Oliveira, de 42 anos, mãe dele, o jovem defendia o isolamento social. "Ele se cuidava muito e sempre fazia postagens conscientizando sobre a importância da vacinação e dos cuidados contra a doença", relata em entrevista nesta segunda-feira (7).

Matheus morreu no último domingo (6), dias após ser internado devido a doença. A mãe conta que o filho só saía de casa quando precisava de serviços essenciais, como ir ao mercado, farmácia, médico e, que, recentemente, precisou ir a ótica para fazer o óculos novo.

"Ele foi o maior defensor do isolamento, não saiu por um ano e meio de casa. Eu sou asmática e tenho pressão alta. Minha mãe tem 77 anos, então como ele ajudava a cuidar dela, sempre tomou muito cuidado com medo de nos infectar. Ele só saía mesmo para coisas estritamente necessárias", relata a professora.

Katherine afirma que o sonho do filho era ser médico e trabalhar no Médicos sem Fronteiras. "Ele trancou o cursinho para o vestibular no começo da pandemia, com medo de sair, e passou a estudar em casa. Antes de ser contaminado só saiu mesmo para ir na ótica, porque estava com a receita e precisava fazer a troca do óculos com urgência. Ele não frequentava praia, balada, nem nada", afirma a mãe.

 

AO VIVO