Menu
Busca segunda, 25 de outubro de 2021
(63) 99958-5851
Araguaína
35ºmax
23ºmin
CRIME BRUTAL

Servidor público é morto por PMs após assassinar ex e duas filhas dela a facadas

16 julho 2021 - 11h05Por r7 Notícias

O homem que matou a ex-namorada, as duas filhas dela e feriu a caçula, de nove anos, em Caraguatatuba, litoral norte de São Paulo, foi morto pela Polícia Militar na noite desta quinta-feira (15) em confronto. As informações são da Record TV.

A caçada a Júlio César Cardoso, de 47 anos, durou mais de 12 horas. Após matar as vítimas a facadas, ele fugiu descalço, com as roupas sujas de sangue, em uma bicicleta. Moradores viram a fuga em direção à rodovia Rio-Santos e chamaram a polícia.

O cerco foi montado com 150 policiais no bairro Jetuba. Ele tentou se enconder em uma área de mata, mas foi localizado em uma casa e resistiu à prisão, segundo o PM André Luiz Paes: "Veio para cima dos policiais com a faca e um policial ficou ferido no braço. Ele tem vários ferimentos, por Deus não foi mais uma vítima dele".

Júlio César foi baleado depois de enfrentar a polícia com a mesma faca usada para matar a família da ex-namorada e morreu na hora. 

O crime

Vizinhos das vítimas contaram que ouviram os gritos de socorro dentro da casa onde a família morava. Um vídeo mostra o momento em que o suspeito deixa o local de bicicleta. Ele atacou as vítimas com golpes de faca.

Quando o socorro chegou, a mãe, Daniela Nogueira, de 40 anos, e as filhas, Maria Eduarda, de 15, e Manuela, de 13, já estavam mortas. A criança de 9 anos está internada, mas não corre risco de morrer.

De acordo com testemunhas que eram próximas ao casal, o homem é funcionário da prefeitura de Caraguatatuba. Ele e Daniela ficaram juntos por cerca de três anos. O suspeito não aceitava o fim do relacionamento e tentou reatar com a vítima diversas vezes.

Homem matou a ex, duas filhas dela e a caçula, de 9 anos, está internada - Reprodução/Record TV

AO VIVO