Palmas
31º
Araguaína
31º
Gurupi
31º
Porto Nacional
29º
EM ARACAJU

Atletas tocantinenses se preparam para participar de competição nacional

29 agosto 2022 - 07h12

Estudantes das escolas públicas e privadas do Tocantins participam, entre os dias 2 e 17 de setembro, dos Jogos da Juventude 2022, em Aracaju (SE). Serão 136 atletas de 11 Diretorias Regionais de Educação (DRE’s) que disputarão em 12 modalidades: atletismo; badminton, natação, tênis de mesa, vôlei de praia, voleibol, futsal, handebol, basquete, judô, ginástica rítmica e ciclismo. Viaja nesta terça-feira, 31, às 7 horas, saindo do Memorial Coluna Prestes, Praça dos Girassóis, em Palmas, o primeiro bloco com seis dirigentes e 56 atletas que vão competir nas modalidades: atletismo; badminton, natação, tênis de mesa e vôlei de praia.

A expectativa é de que 4 mil atletas de todo país, de 14 até 17 anos, participem da competição. No total, mais de 6 mil pessoas estarão envolvidas no evento organizado pelo Comitê Olímpico do Brasil (COB), que volta a ser realizado após dois anos de suspensão devido a pandemia da covid-19. Do Tocantins, a delegação, composta por estudantes e dirigentes de escolas públicas e privadas, conta com apoio da Secretaria de Estado da Educação (Seduc).

O segundo bloco, viaja no dia 5, com três dirigentes e 40 atletas das modalidades: voleibol e futsal; já o terceiro bloco viaja dia 11, com três dirigentes e 44 atletas que vão disputar handebol e basquete; e por último, no dia 13, serão três dirigentes e 15 atletas do judô e ginástica rítmica que viajam para os jogos em Aracaju.

Para o secretário executivo da Seduc, Edinho Fernandes, o retorno dos Jogos da Juventude era esperado com muita ansiedade pelos alunos atletas que se classificaram nas fases dos Jogos Estudantis do Tocantins (Jet’s). “Os Jets foram um sucesso e participar dos Jogos Escolares da Juventude é a realização de um sonho para a maioria desses atletas. É mais um aprendizado. O evento proporciona socialização, interação e troca de experiência, momentos emocionantes e marcantes para nossos alunos”, destaca.

O estudante João Pedro Rodrigues Lustosa, 2ª série do Ensino Médio no Colégio João D’Abreu, de Dianópolis, vai competir na modalidade atletismo, 100 metros e disse que está treinando bastante para a prova. “Estou focado para que eu possa alcançar um bom resultado e trazer uma medalha para o Tocantins”.

Também na modalidade atletismo, Mayko Flávio Campos Feitosa, 16 anos, vai defender o Tocantins no arremesso de peso. Aluno do 9º ano no Colégio Militar do Estado do Tocantins João XXIII, de Colinas do Tocantins, esta será sua primeira competição nacional e a expectativa, claro, é ganhar uma medalha. “Quero trazer a medalha de ouro para a minha cidade, ser um campeão. Sei que será muito difícil, mas estou focado em treinar e sei que vou conseguir chegar lá, com fé em Deus”.

Municípios tocantinenses

Os atletas que irão competir, representando o Estado do Tocantins, são de 25 municípios:  Angico, Araguaína, Araguanã, Araguatins, Augustinópolis, Barra do Ouro, Colinas do Tocantins, Combinado, Conceição do Tocantins, Dianópolis, Formoso do Araguaia, Gurupi, Miracema do Tocantins, Palmas, Paraíso do Tocantins, Pedro Afonso, Pequizeiro, Ponte Alta do Tocantins, Porto Alegre do Tocantins, Porto Nacional, Praia Norte, Santa Fé do Araguaia, São Sebastião do Tocantins, Taguatinga e Tocantinópolis.

O evento

Ao todo, 16 modalidades irão compor os Jogos da Juventude: atletismo, badminton, basquete, ciclismo, futsal, ginástica rítmica, ginástica artística feminina, ginástica artística masculina, handebol, judô, natação, taekwondo, tênis de mesa, voleibol, vôlei de praia e wrestling.

As duas semanas de competições contarão com uma grande estrutura, como a utilização de 14 instalações esportivas, de 20 hotéis e do Centro de Convenções de Aracaju.

A transmissão dos Jogos da Juventude será feita pelo Canal Olímpico do Brasil, como fruto de uma parceria do COB com a plataforma de streaming NSports. O veículo de comunicação do COB também montará um estúdio para a realização de entrevistas e produção de conteúdo no centro de convivência dos Jogos.