Palmas
21º
Araguaína
23º
Gurupi
21º
Porto Nacional
21º
PRIMEIRA FASE

Paratletas do Tocantins iniciam estreiam no Camping Paralímpico em São Paulo

06 fevereiro 2024 - 11h12

O Tocantins estreou no Camping Escolar Paralímpico com sete atletas convocados para a primeira fase do evento, que é considerado uma das iniciativas mais importantes e base do paradesporto nacional e o primeiro contato dos paratletas, com idade entre 12 e 17 anos, com a rotina de treinamentos de alto rendimento. 

SIGA o Portal O Norte nas redes sociais: FacebookTwitter e Instagram

O Camping foi promovido pelo Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB), de 28 de janeiro e 4 de fevereiro, no Centro de Treinamento Paralímpico, em São Paulo. Neste ano, participaram da imersão de alto rendimento cerca de 100 estudantes em 10 modalidades. A programação incluiu treinos físicos e técnicos, com a mesma estrutura utilizada por atletas profissionais, bem como palestras sobre diversos temas que envolvem o esporte, totalizando em 14 horas diárias de atividades. 

Os convocados foram os estudantes tocantinenses: Matheus Alves, do Colégio Militar do Estado do Tocantins (CPMTO); José Aluísio (Araguaína); Irla Maria Correia, da Escola Estadual Ada de Assis Teixeira (Goiatins); Bruno Gabriel Coelho Damasceno, do Colégio Adventista (Palmas); Jheffersson Hallerrandro e Marcos Ricardo Cantuária, da Escola Estadual Eurico Mota (Xambioá); Aline Jordânia Carvalho e Hentony Santos, da Escola Estadual Machado de Assis (Araguanã).

Além dos estudantes, também foi convocado o professor Rafael Gabarrão, da Escola Estadual Machado de Assis, de Araguanã, como auxiliar técnico do Atletismo. “Foi espetacular nossa participação no 1º Camping de 2024 e estreia do Tocantins nessa convocação para apresentar aos nossos paratletas como é a rotina de treinamento de alto rendimento com atletas e técnicos da seleção brasileira”, avaliou.

No atletismo, o desempenho de Hentony Santos chamou a atenção da equipe nacional. Aos 16 anos ele tem marcas de 11’ na prova de 100m e 51’ nos 400m e acumula muitas medalhas de ouro e recordes nacionais nas Paralimpíadas. Para ele, o Camping foi uma importante oportunidade para a sua evolução.

“Fiquei muito feliz em ser convocado e poder participar dessa experiência maravilhosa com a seleção brasileira e de conhecer atletas de todo o Brasil. Foram dias de muito aprendizado que vão ser muito bons para evoluir nos meus treinamentos e nas próximas competições”, relatou Hentony.

Bruno Damaceno, único paratleta da natação tocantinense no evento, contou que a participação no camping já teve reflexos em seu desempenho na piscina. “Foi muito bom ter essa oportunidade. É um treino mais puxado. Os professores foram superlegais, me deram umas dicas para nadar mais rápido e de respiração. Estou muito feliz de ter sido convidado a treinar lá e vou tentar melhorar cada vez mais para ir para o camping todos os anos”, contou.

Paralimpíadas e Parajets

Em 2023, o Tocantins fez sua melhor campanha nas Paralimpíadas Escolares, com 75 medalhas, conquistadas nas modalidades de Atletismo, Natação, Tênis de Mesa, Parabadminton e Halterofilismo. Os 47 paratletas tocantinenses trouxeram 24 ouros, 29 pratas, 22 bronzes, além de quebrarem oito recordes nacionais.

Os estudantes que participaram das Paralimpíadas foram selecionados na 9ª edição dos Jogos Paradesportivos Escolares do Tocantins (Parajets), promovidos pelo Governo do Tocantins e que reuniram paratletas de todas as regiões do Estado.

*Secom Tocantins