Menu
Busca sexta, 13 de dezembro de 2019
(63) 99292-6165
Araguaína
33ºmax
23ºmin

Sintras solicita ao governo manutenção de empregos de servidores pioneiros

11 janeiro 2011 - 10h13

Preocupado com o futuro dos servidores em saúde do Tocantins e de suas famílias, principalmente com àqueles que estão laborando na área, desde a criação do estado do Tocantins, o presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Saúde do Tocantins (Sintras – To), Manoel Pereira de Miranda encaminhou ofício ao governador Siqueira campos solicitando que sejam mantidos os empregos dos servidores comissionados pioneiro do Tocantins.

Segundo ele, desde a criação do nosso Estado, um grupo de servidores tem trabalhado incansavelmente em prol da população e em razão destes préstimos, estes servidores receberam o titulo de Pioneiros do Tocantins, título esse concedido pelo atual governador Siqueira Campos (PSDB), em outro período que ocupou a cadeira maior do executivo estadual.

Ele explica que, desde aquela época, tais servidores estão aguardando a efetivação deste reconhecimento, o que ainda não se deu. “Durante todos estes 21 anos apenas o emprego destes bravos companheiros foram preservados” e completa “...entretanto, no atual momento estes bravos servidores da saúde correm o risco de perder aquele único reconhecimento pelo corajoso pioneirismo, que é seu emprego, uma vez que os mesmos não são concursados”.

Por este motivo a diretoria do Sintras encaminhou ao Governador esta solicitação relatando a possível demissão desses poucos companheiros, o que segundo justifica o ofício, com certeza acarretará conflitos jurídicos e sociais, haja vista que os mesmos não mais terão oportunidades laborativas, dada a avançada idade.

No documento o presidente do SINTRAS-TO solicita a manutenção do direito e a garantia de permanência destes pioneiros em seus postos de trabalho, em seus respectivos cargos, atém mesmo por questões humanitárias.

Em anexo ao documento foi enviado lista com nomes dos pioneiros da Saúde e solicitação de um análise do setor de Recursos Humanos, verificando qual desses servidores ainda estão trabalhando no estado do Tocantins, ou se falta alguns nomes para que os mesmos continuem na ativa e não percam seus direitos. (Com informações da Ascom Sintras/TO)
 

AO VIVO