Palmas
25º
Araguaína
24º
Gurupi
25º
Porto Nacional
27º
NO TOCANTINS

Golpes virtuais aumentam mais de 100% em 2022 e casos já passam de 2 mil

08 julho 2022 - 08h30Por G1 Tocantins

O número de crimes aplicados de forma virtual contra as vítimas aumentou mais de 100% no Tocantins e somente em 2022, as ocorrências passam de 2 mil. Os criminosos estão cada vez mais ‘ousados’ e além da mais comum invasão de redes sociais de vítimas, muitos deles estão usando o nome de órgãos públicos para os crimes.

Um dos casos ocorreu quando um criminoso tentou se passar servidor da secretaria de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh) para convencer uma proprietária a pagar um boleto relacionado ao Cadastro Ambiental Rural (CAR). Segundo a diretora de inteligência da pasta, Cristiane Peres, a Semarh não envia boletos para pagamento e nesses casos, a pessoa deve procurar a delegacia e denunciar o caso.

Os golpes também ocorrem usando o nome do Poder Judiciário e de acordo com a delegada Milena Lima, a cobrança dos bandidos vão desde o pagamento de fiança sem validade até leilões falsos.

De janeiro até o mês de julho, a Polícia Civil registrou aproximadamente 2.060 crimes virtuais. No mesmo período do ano passado, houve 968 casos. Os dados são da Secretaria Estadual de Segurança Pública (SSP).

Rede invadida

A assistente de marketing Alini Milani teve uma rede social invadida e três amigos acabaram perdendo cerca de R$ 2 mil, após caírem nas publicações de venda de objetos falsas feitas em seu nome.

“Eu só consegui ter essa noção depois que meus amigos estavam me cobrando a entrega dos produtos que eles supostamente compraram. Me senti muito impotente e triste por ter caído nesse golpe e ter prejudicado essas pessoas que são queridas”, lamentou Alini, que fez o boletim de ocorrência e espera que os bandidos sejam presos.

Com o aumento da digitalização, os crimes também tendem a crescer, conforme explica o professor de direito penal Tarsis Ribeiro. “Cada vez mais as operações estão sendo feitas pela internet. Por isso, como as pessoas utilizam a todo momento, é necessário que estejam atentas para não serem vítimas de crimes”, alerta.

O professor também orienta que o internauta nunca abra links suspeitos recebidos no seu e-mail ou no celular e que é preciso desconfiar de propostas vantajosas, já que a probabilidade de ser golpe é grande.