Palmas
32º
Araguaína
33º
Gurupi
34º
Porto Nacional
31º
AUDIÊNCIA EM BRASÍLIA

Governador e Ministro do Esporte se reúnem para viabilizar mais investimentos no TO

25 janeiro 2024 - 17h38

O governador Wanderlei Barbosa se reuniu nessa terça-feira, 23, em Brasília, com o ministro do Esporte, André Fufuca, para apresentar alternativas para a alocação de recursos para investir na área no Tocantins. O secretário nacional de Esporte Amador, Educação, Lazer e Inclusão Social (Senaleis) do Ministério, Paulo Henrique Cordeiro, trabalhará com o Estado para a viabilização das propostas.

SIGA o Portal O Norte nas redes sociais: FacebookTwitter e Instagram

O governador Wanderlei Barbosa ressaltou a importância do esporte para a melhoria da qualidade de vida da população e para a ampliação de oportunidades para a juventude. "Nosso objetivo principal é disponibilizar recursos significativos para o futebol profissional tocantinense. Há clubes no Tocantins que hoje não representam apenas suas cidades, mas que já possuem influência na mobilização esportiva de toda uma região", destacou. 

Além do futebol, o governador Wanderlei Barbosa mencionou outros esportes que já possuem um nível de organização adequado para receber investimentos.

O secretário de Estado da Fazenda, Júlio Edstron; e o secretário extraordinário de Representação em Brasília, Carlos Manzini, acompanharam o Governador na audiência que abriu portas para um trabalho efetivo com a área técnica do Ministério do Esporte. Para antecipar projetos esportivos voltados para o combate à criminalidade, o secretário de Estado da Segurança Pública, Wlademir Costa; e o comandante-geral da Polícia Militar do Tocantins, Márcio Antônio Barbosa, também participaram da audiência.

Lei de Incentivo ao Esporte

O secretário Paulo Henrique Cordeiro considerou legítimas as preocupações do governador Wanderlei Barbosa  e apontou a Lei de Incentivo ao Esporte (LIE) como a forma mais prática para o Governo do Estado viabilizar esses recursos. Nesse sentido, colocou à disposição do Governador toda a equipe técnica responsável pela LIE para ir ao Tocantins nas próximas semanas e orientar os servidores sobre o processo de elaboração e apresentação de projetos.

A LIE admite projetos para construção de estruturas físicas, realização de eventos e atividades regulares de apoio às mais diversas modalidades esportivas, sejam elas profissionais ou amadoras, por meio de recursos oriundos de renúncia fiscal. Paulo Henrique Cordeiro informou que, na primeira semana de fevereiro, o Ministério fará uma reunião extraordinária para analisar propostas à LIE e que pretende incluir, já nesta etapa, os projetos do Tocantins.

*Secom Tocantins