Palmas
31º
Araguaína
34º
Gurupi
34º
Porto Nacional
33º
ENTENDA

Pesquisas mostram bacia do Rio Araguaia com menos água e poluída de agrotóxicos

20 maio 2024 - 10h52

Dois estudos recentes acendem um alerta sobre a situação da bacia do Rio Araguaia. As pesquisas indicam que esse rio tem cada vez mais dificuldade em recuperar o fluxo no período de chuva e que a qualidade da água fica pior a cada ano que passa.

SIGA o Portal O Norte nas redes sociais: FacebookTwitter e Instagram

O Araguaia atravessa quatro estados e com os afluentes forma a maior bacia hidrográfica totalmente brasileira, responsável por abastecer grande parte do centro-oeste e do norte do país. A ribeirinha Eunice mora na margem do rio desde que nasceu e vive da pesca. Mas ela está preocupada, pois percebeu que o entorno do rio está passando por mudanças.

A outra pesquisa é da universidade federal do Mato Grosso. Amostras de água foram colhidas no Araguaia e nos afluentes para testar a qualidade. Foram encontrados oito tipos de pesticidas.

"Em geral, esses pesticidas estão em baixa concentração, mas o que mais chamou a atenção nesse estudo é que a gente encontrou contaminação ambiental em todas as sub-bacias estudadas, mostrando que a contaminação está bem difundida aqui na região", disse o professor e pesquisador Dilermando Pereira Lima.

Segundo o secretário de meio ambiente do Tocantins, Marcelo Lelis, atualmente são 60 estações que monitoram o volume de água nos rios do estado e 80 que monitoram a qualidade.

"Nós assinamos um acordo com o instituto espinhaço para revitalização de 2 mil hectares em torno de nascentes e em Apps na região do rio Formoso. Estamos começando uma agenda de restauração de áreas degradadas no estado."

*G1 Tocantins