Palmas
24º
Araguaína
24º
Gurupi
24º
Porto Nacional
26º
ATENÇÃO PRODUTORES!

Prazo para cadastro da área cultivada de soja encerra este mês

10 janeiro 2024 - 09h23

Produtores rurais que cultivam soja sequeiro devem obrigatoriamente realizar o cadastro da área cultivada na Agência de Defesa Agropecuária do Estado do Tocantins (Adapec). O objetivo é manter um banco de dados atualizado que tem o papel primordial de nortear as medidas sanitárias estratégicas de prevenção à proliferação de pragas que acometem a cultura, a exemplo da ferrugem asiática.

SIGA o Portal O Norte nas redes sociais: FacebookTwitter e Instagram

Na safra 22/23 foram cadastradas 1,3 milhão de hectares de soja plantada. Toda área cultivada deve ser informada anualmente posterior à semeadura. Neste ano, será até o dia 26 de janeiro, uma vez que o prazo final da janela do plantio, que era 8 de janeiro, foi prorrogado devido à estiagem.

O cadastramento consta informações muito importantes sobre a área plantada, variedade das sementes, previsão de início e colheita, acesso às propriedades, entre outros. “Isso facilita a ida dos nossos técnicos a campo para poder realizar os monitoramentos e assim ajudar os produtores no controle das pragas, principalmente a ferrugem asiática, considerada a principal que acomete a cultura”, explica o responsável técnico pelo Programa Estadual de Controle da Ferrugem Asiática, Cleovan Barbosa.

Cadastro

Para realizar o cadastro, basta acessar o site http:/adapec.to.gov.br/vegetal/, preencher as informações e entregar na Agência, no município onde a área é cultivada. É necessário emitir o DARE (Documento de Arrecadação de Receitas Estaduais) no site: www.sefaz.to.gov.br, e efetuar o pagamento para finalizar o cadastro. Mais informações ligue 0800 063 11 22 ou procure o escritório mais próximo.

O descumprimento da medida acarretará em multas e outras sanções.

*Secom Tocantins