Palmas
31º
Araguaína
33º
Gurupi
31º
Porto Nacional
31º
PESQUISA DE PREÇO

Procon encontra variação de até 143% nos produtos da Ceia de Natal

14 dezembro 2023 - 08h14

Está chegando a hora de comprar os produtos para preparar a tão esperada Ceia de Natal. Para auxiliar o consumidor nesta tarefa, o Procon Tocantins realizou nestas segunda e terça-feira (11 e 12/12), uma pesquisa de preços em seis supermercados da Capital. A ação verificou o preço de 84 produtos entre carnes, azeites, bombons, farofas prontas, frutas, bebidas e panetones. Em alguns produtos a variação chega a ser 143%.

SIGA o Portal O Norte nas redes sociais: FacebookTwitter e Instagram

“A pesquisa de preços do Procon tornou-se um instrumento para guiar o consumidor nesta tarefa que não é fácil, que é a gestão da economia doméstica. Neste período de festas é importante buscarmos equilíbrio na hora de consumir, e a pesquisa mostra que é possível economizar. Nós temos sido criteriosos neste trabalho e buscamos dar conhecimento a todos sobre a pesquisa, para que de fato ela seja útil”, destaca Rafael Parente, superintendente do Procon Tocantins.

Variações

O maior percentual de variação de preços foi encontrado no panetone trufas 450G, da marca Visconti, que chegou a variar 143%, vendido entre R$ 19,98 e R$ 48,49.  Em segundo lugar ficou a azeitona verde sem caroço 160G, com variação de 130%, vendida entre R$ 7,59 e R$ 17,49. E em terceiro, ficou o KG da manga, com variação de 123% e preços entre R$ 2,99 e R$ 6,68.

O peru, um dos pratos mais tradicionais da ceia natalina, apresentou variação de 54%, sendo comercializado entre R$ 27,99 e R$ 42,99. Entre as bebidas o item que apresentou maior variação foi o vinho branco suave 750 ML, com variação de 100%, e preços entre R$ 13,99 e R$ 27,99.

“O objetivo da pesquisa, realizada anualmente pelo Procon Tocantins, é verificar a variação de preços entre estabelecimentos no período e facilitar a vida do consumidor que poderá sair de casa orientado sobre onde encontrar produtos mais baratos”, enfatiza Magno Silva, diretor de Fiscalização do órgão. 

Ele completa que, as variações de preços constatadas referem-se aos dias em que a coleta foi realizada. “Os preços praticados atualmente podem ser diferentes, já que estão sujeitos a alteração conforme a data da compra, inclusive, por ocasião de descontos especiais, ofertas e promoções. Além disso, lojas da mesma rede podem praticar preços diferentes.” 

É válido lembrar que, exceto os panetones, a pesquisa não considera a marca dos produtos, apenas o menor preço encontrado nas prateleiras de cada estabelecimento comercial.

A pesquisa completa realizada nos supermercados de Palmas pode ser consultada no site do Procon, acessando o link: https://central.to.gov.br/download/358992

Em caso de denúncias, o consumidor deve entrar em contato por meio do Disque 151 ou utilizar o Whats Denúncia (63) 9 9216-6840.