Palmas
26º
Araguaína
27º
Gurupi
28º
Porto Nacional
24º
FISCALIZAÇÃO

Secretaria apresenta operação que visa garantir segurança na temporada de praias

13 julho 2022 - 09h00Por Ascom

A Secretaria da Segurança Pública do Tocantins, através da Superintendência de Segurança Integrada e Diretoria do Sistema Integrado de Operações (SIOP), apresentou na manhã desta segunda-feira, 11, o Plano de Atuação Integrada de Segurança Pública (PAISP) da “Operação Praias Seguras”, que teve início no dia 01 e segue até o dia 31 de julho. 

O Plano foi produzido em conjunto pelas Instituições, Órgãos e Agências (IOA’s), municipais, estaduais e federais, ligadas, direta ou indiretamente, à segurança pública e defesa social, e possui o objetivo instituir a governança, a gestão e o processo de atuação
integrada para as atividades, de quem frequenta as praias tocantinenses, se desenvolvam de maneira segura, pacífica e ordeira.
 
A princípio, 12 municípios, que mantêm praias com maior movimentação de pessoas, é que receberão mais intensidade das ações e efetivos. São elas: Araguacema - Praia da Gaivota; Caseara - Praia de Caseara; Araguatins - Praia Ponta da Areia; Peixe - Praia da Tartaruga; Araguanã - Praia do Escapole; Pedro Afonso - Praia do Rio Sono; Pau D’arco - Praia da Fofoca; Tupiratins - Praia da Raposa; Itaguatins - Praia do Remanso dos Botos e praia Tio Claro; Tocantinópolis - Praia da Santa; e Porto Nacional - Praias de Porto Real e de Luzimangues. 

A superintendente de Segurança Integrada da SSP, Fátima Holanda, destacou que em Miracema, além do reforço na segurança das Praia do Funil e do Paredão, as ações também foram pensadas levando em consideração o carnaval fora de época da cidade, conhecido como Miracaxi, que acontece agora no mês de julho. 

Apesar da seleção, o secretário da Segurança, Wlademir Costa, destacou que todas as praias terão atuação das forças de segurança do Estado. “Essas cidades específicas terão grandes atrações musicais que, como é sabido, atraem um grande número de pessoas e por isso a necessidade de intensificar as ações de segurança nessas localidades. Mas isso não quer dizer que as outras cidades estarão desprotegidas, nós teremos também Segurança Pública para todas as cidades do Tocantins. Nós temos Centrais de Flagrantes da Polícia Civil, temos unidades da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros em todas as localidades”, frisou o Secretário Wlademir Costa. 

Segurança nas Rodovias

Além das forças de segurança, fazem parte do Plano integrado instituições de trânsito como as agências municipais de transporte, Departamento Estadual de Trânsito (Detran) e Polícia Rodoviária Federal. 

O superintendente da Polícia Rodoviária no Tocantins, Almir Eustaquio, destacou que uma das preocupações quanto à segurança no trânsito é o tráfego de pessoas embriagadas na BR-153. "A nossa principal preocupação é a BR-153 que dá acesso aos principais rios que é o Araguaia e o Tocantins, e com certeza quem for para alguma dessas praias irá passar pela BR, e na praia é comum as pessoas fazerem uso de álcool. Mas já estamos atuando com a intervenção com etilômetro nos trajetos de ida para tentar inibir esse tipo de comportamento. Pois a volta da praia é justamente quando são registrados maiores números de acidente com embriaguez ao volante que, por sua vez, são ocorrências que resultam em maior lesões graves e óbitos e isso impacta no serviço de todos, não só da PRF como da Polícia Civil, Bombeiros entre outros”, ponderou. 

Instituições participantes

Polícia Rodoviária Federal; Polícia Civil do Tocantins; Corpo de Bombeiros Militares do Tocantins; Polícia Militar do Tocantins; Secretaria de Estado da Cidadania e Justica; Superintendencia de Segurança Integrada (SSI); Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer); Departamento Estadual de Trânsito (Detran); Agência de Trânsito, Transportes e Mobilidade de Palmas (ATTM) e Guarda Metropolitana de Palmas.