Palmas
26º
Araguaína
24º
Gurupi
23º
Porto Nacional
27º
ESCOLHA PENSADA

Saiba o que é preciso analisar antes de adotar um pet

15 agosto 2022 - 08h01

Possuir um animal doméstico deve ser uma escolha pensada com muita consciência das responsabilidades que englobam essa convivência. Afinal, os filhotes crescem e vivem, em média, de 10 a 12 anos. Por isso, a Unidade de Vigilância e Controle de Zoonoses (UVCZ) da Secretaria Municipal da Saúde de Palmas (Semus) orienta a população sobre a posse responsável e os cuidados necessários para garantir qualidade de vida dos pets.

Ao adotar um cão ou gato, o dono deve assegurar a ele cinco liberdades, sendo elas: fisiológica, ausência de fome e/ou sede; ambiental, viver livre de desconfortos; sanitária, ausência de dor, injúrias e doenças; comportamental, o animal deve expressar comportamentos normais da espécie e psicológica, ausência de medo, estresse e angústias. A comida ofertada também pode prejudicar a saúde dos bichos, e por isso não podem ser oferecidos leite, frituras, doces, temperos fortes, frutas cítricas, alimentos com trigo, ossos de aves e café.

Além disso, para manter o animal livre de doenças, é importante castrar, manter as vacinas em dia e realizar a testagem do calazar. O coordenador da UVCZ, Auriman Cavalcante, reforça que as condutas do proprietário afetam também a saúde pública. “O carinho, cuidado e a higiene tanto do lar, como do animal, interferem nas zoonoses, daí a importância de vacinar, especialmente contra a raiva que é obrigatória e de recolher diariamente restos de comida e as fezes dos animais para evitar leishmanioses”, aponta.

Serviços

A UVCZ realizará neste sábado, 13, um mutirão de testagem de leishmaniose (calazar) em cães, das 16h às 20h, no Parque dos Povos Indígenas. Essa ação faz parte da 'Semana de Prevenção e Combate das Leishmanioses' que inclui outras atividades como palestras de educação em saúde e campanha de vacinação antirrábica de cães e gatos. A vacinação contra a raiva é obrigatória, por isso, além das campanhas, o dono do animal também pode agendar a vacina pelo número (63) 3212-7916.