Palmas
29º
Araguaína
29º
Gurupi
30º
Porto Nacional
31º
PORTO NACIONAL

Cães de bairros recebem coleiras de proteção contra o calazar

04 agosto 2022 - 09h04Por G1 Tocantins

Os cães de Porto Nacional, na região central do estado, vão receber uma coleira repelente para prevenir contra a leishmaniose visceral canina, mais conhecida como calazar. Através do projeto do Ministério da Saúde, a previsão é que 6.974 cães sejam encoleirados no município e no distrito de Luzimangues.

Agentes de saúde bateram de porta em porta dos setores Conjunto Habitacional Santa Rita de Cássia e Nacional para encoleirar animais a partir de três meses nesta quarta-feira (3).

As coleiras à base de deltametrina 4% repelem a aproximação do mosquito palha, transmissor do calazar para os animais. Para que todos sejam protegidos contra a doença, que também atinge o ser humano, a gestão pede que as famílias recebam os agentes para aplicação da coleira, que é gratuita.

Nos próximos dias, os agentes de saúde vão encoleirar os cães dos setores São Francisco, Vila Operária, Fama, Granville, Parque Liberdade, Palestina, Residencial Jardins, Jardim Aeroporto, Novo Planalto, Luzimangues, Novo Horizonte, Tropical Palmas, Conjunto Habitacional Siqueira Campos, Irmã Edília, São Vicente, Rio Tocantins, Jardim Guaxupé, Nova Capital, Vila Nova, Praia Bela.

De acordo com a Saúde Municipal, cerca de dois mil cães que estão no distrito de Luzimangues receberão a coleira após as ações em Porto Nacional.

Após o início do projeto, o município informou que tem seis meses para concluir o encoleiramento dos cães. Mas a proteção deverá ser trocada de seis em seis meses a pasta ressaltou que as equipes vão retornar às casas para a substituição.