Palmas
24º
Araguaína
23º
Gurupi
22º
Porto Nacional
26º
A PARTIR DE HOJE

Estacionamento da rodoviária de Palmas passará a ser cobrado; veja valores

10 fevereiro 2024 - 12h31

A população que estava acostumada a estacionar de graça na rodoviária de Palmas terá que pagar taxa a partir deste sábado (10). As mudanças na estrutura já foram feitas para o início da cobrança, mas os comerciantes locais não gostaram da novidade.

SIGA o Portal O Norte nas redes sociais: FacebookTwitter e Instagram

Duas guaritas foram colocadas no terminal, sendo uma na entrada principal e outra na saída por onde passam tanto os carros como ônibus. E quem precisa ir até a rodoviária diariamente terá que desembolsar o valor da tarifa, como é o caso do José Ilton, tesoureiro da Associação dos Comerciantes da Rodoviária.

A principal reclamação é que não há reserva de vagas para quem trabalha no terminal.

"Nós prestamos serviço para eles, porque que eles não podem para nós, que é da agência, trabalhamos dentro da rodoviária? Porque se a gente for calcular, fiquei sabendo que vai ser uma taxa de R$ 150 por carro. Então se a gente for calcular, nós que já trabalhamos, vai ficar caro para nós", reclamou.

O tesoureiro ainda pontuou a falta de segurança ao redor da rodoviária. "Já foi roubada uma moto minha aqui no estacionamento, já foi roubada duas baterias do caminhãozinho que eu deixo aqui. Hoje em dia se eu deixar meu caminhão e minha moto aqui qual a segurança que voi ter?", questionou.

O advogado Wilson Santos, que representa os comerciantes, afirmou que além dos problemas, a guarita é considerada irregular.

"É bom lembrar que a cobrança do estacionamento é legal, é regular. A administradora da rodoviária, a Maçonaria pode cobrar o estacionamento [...]. Mas aqui existe algumas irregularidades. Primeiro, esta guarita não deve ser aqui. Já existe uma guarita de estacionamento e ela é dentro do terminal. Aqui é a entrada do terminal e não se pode pagar para entrar no terminal. Estacional é diferente de entrar no terminal", explicou.

Confira os valores que serão cobrados:

Carro

  • 1h - R$ 8
  • Hora adicional - R$ 4
  • Pernoite 24h - R$ 60

Moto

  • 1h - R$ 4
  • Hora adicional - R$ 2
  • Pernoite 24h - R$ 60

Com a necessidade de pagar tarifa, a comerciante Nerivan Fonseca Coelho teme que isso afete o faturamento da empresa de transporte de encomendas. Ela reclamou ainda do tempo de tolerância de apenas cinco minutos, anunciado pela administradora do estacionamento.

"Cinco minutos. Isso é inviável para a gente, uma vez que o cliente chega aqui, ele tem que estacionar o carro lá na frente, vir aqui pegar as mercadorias, conferir os documentos para a gente pode entregar a mercadoria para o cliente. Não tem nem como os caminhões entrarem para a gente fazer o descarregamento das cargas", lamentou a empresária.

A administradora do terminal rodoviário afirmou que a cobrança da taxa de estacionamento está prevista no contrato de concessão. Também é uma resolução de 2013 da Agência Tocantinense de Regulação (ATR).

A ATR, por sua vez, vai fiscalizar o funcionamento do estacionamento rotativo da rodoviária.

"Estamos ainda buscando informação junto com a administração para ver que medidas vamos fazer e como é que nós vamos atuar nesse caso de cobrança para garantir à população que essa cobrança não seja feita de forma desarrazoável. Nós todos juntos, de uma forma bem madura, bem consciente, possamos tomar a melhor decisão garantindo assim o direito do consumidor", explicou o Israel Guimarães Júnior, presidente da ATR.

*G1 Tocantins