Palmas
31º
Araguaína
34º
Gurupi
34º
Porto Nacional
32º
INFRAESTRUTURA

Governo do Tocantins conclui 85% das obras da ponte de Porto Nacional

30 janeiro 2024 - 08h24

As obras de construção da ponte de Porto Nacional, pelo Governo do Tocantins, estão em fase final com a instalação da última viga de sustentação da estrutura, responsável por distribuir o peso para os pilares, crucial na estabilidade e na resistência da ponte. Com 85 % das obras concluídas, nova etapa consiste em serviços de iluminação, sinalização e serviços de segurança para veículos e pedestres.

SIGA o Portal O Norte nas redes sociais: FacebookTwitter e Instagram

Ao todo, são 90 vigas que compõem a estrutura da construção, que consiste na maior obra de infraestrutura em andamento do Estado, uma das prioridades da gestão do governador Wanderlei Barbosa, com investimento de R$ 149 milhões do Governo do Tocantins em parceria com o Banco de Brasília. A estrutura da ponte é de 1.088 metros, além do encabeçamento de 200 metros de cada lado, totalizando 1.488 metros. "Esperávamos muito para que essa etapa fosse concluída. Sempre fiscalizamos o andamento dessa obra, pois sabemos da necessidade e da importância da ponte para toda a população do Estado”, afirma o Governador.

Segundo o engenheiro civil da Agência de Transportes, Obras e Infraestrutura (Ageto), Luciano Bertazzi, responsável pela obra, esse é o processo mais delicado e de extrema necessidade para a segurança estrutural da ponte. “Concluímos a parte mais difícil da construção, que foi a estruturação das vigas na margem esquerda do Rio Tocantins, sentido a cidade de Fátima. Todo o trabalho exige muita atenção e cuidado, já que o transporte dessas vigas era muito cauteloso, visto que a estrutura de apenas uma é de 43 metros, pesando 120 toneladas. Agora, a logística melhorou muito, o que facilita a parte de acabamento”, reforça Luciano Bertazzi.

As etapas mais importantes foram concluídas em tempo hábil, a exemplo das fundações que foram fixadas na ponte, outra etapa crucial no processo de construção. As fundações são as estruturas responsáveis por transmitir as cargas da ponte para o solo de maneira segura e estável, sendo projetadas para distribuir o peso da ponte uniformemente e evitar afundamento ou instabilidade. As fundações executadas nesta obra, além de terem uma profundidade média de 30 metros, têm diâmetro variável entre 1,20 metro e 1,60 metro. 

“Estamos, agora, tratando da questão do acabamento. Vamos melhorar a iluminação e a sinalização; colocar os guarda-rodas [estrutura de proteção nos lados da via de rolamento]; as grades de proteção para os pedestres; terraplanagem e estruturação nas vias de acesso da ponte”, frisa Luciano Bertazzi.

Importância da obra

A nova ponte é de suma importância para a região, pois liga diversos municípios do Estado a Porto Nacional e, consequentemente, a capital Palmas, facilitando o escoamento da produção, além do fluxo de passageiros. O agricultor Mauro Moura é morador da zona rural de Porto Nacional, e acompanhou o processo de construção da primeira ponte e, agora, da obra em conclusão. “Essa ponte vai mudar tudo por aqui. Acho ótimo que esteja no processo final. Tenho que fazer essa travessia diária e ter uma nova estrutura como essa nos deixa confiantes e seguros”, afirma o pequeno produtor.