Palmas
24º
Araguaína
24º
Gurupi
24º
Porto Nacional
26º
CONECTIVIDADE

Palmas define as regras para receber a tecnologia 5G

17 janeiro 2024 - 13h42

No cenário da crescente revolução tecnológica, Palmas se destaca ao consolidar a implementação da tecnologia 5G. A Lei Complementar n° 430, sancionada em 16 de novembro de 2023, delineou os procedimentos essenciais para a instalação da infraestrutura necessária e agora a ativação dessa tecnologia depende apenas das operadoras, que devem instalar os equipamentos e solicitar à Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) a ativação das antenas. O Município já se encontra estruturalmente preparado e tem buscado agilizar o licenciamento dos equipamentos, visando proporcionar cobertura 5G de ponta para toda a cidade.

SIGA o Portal O Norte nas redes sociais: FacebookTwitter e Instagram

Palmas está prestes a vivenciar uma revolução tecnológica sem precedentes com a chegada do 5G. Além de possibilitar maior navegabilidade nas redes, a nova tecnologia promete maior velocidade de conexão, baixa no custo e consumo de energia, além de uma conexão mais estável e segura. Esta mudança impactará não apenas o cotidiano dos cidadãos palmenses, que desfrutarão de uma experiência digital aprimorada, mas também revolucionará os processos, atendimentos e sistemas da Prefeitura.

Tecnologia 5G

Você já ouviu falar da tecnologia de internet 5G? Este é o padrão tecnológico para redes móveis mais recente, sucedendo o 4G. As características desta tecnologia indicam altas taxas de transmissão de dados e tempo de resposta menor. No entanto, a verdadeira revolução vai além do uso cotidiano, apresentando a capacidade de atender a diversas aplicações.

As redes 5G dependem de faixas de frequência de rádio, uma evolução natural do 4G e 3G. Para operar plenamente, será necessário que os governos desobstruam o espectro, um processo já em andamento na Capital. Posteriormente, as operadoras investirão para implementar esta nova faixa de rede. A internet 5G é projetada para suportar a revolução tecnológica, conectando itens do dia a dia, como eletrodomésticos, meios de transporte e redes de computadores. Além disso, ela poderá ser expandida para áreas como telemedicina, segurança pública e educação à distância.

Realidade em Palmas

Segundo a consultora jurídica da Agência de Tecnologia da Informação do Município de Palmas (AGTEC), Tayane Carvalho, "a Lei Complementar n° 430, de 16 de novembro de 2023, regulamentou os procedimentos para a instalação da infraestrutura necessária. No entanto, a ativação do 5G depende das operadoras instalarem os equipamentos e solicitarem à Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) a ativação das antenas". Tayane destaca que o Município está estruturalmente apto para agilizar o licenciamento e a instalação dos equipamentos, garantindo a cobertura 5G na capital.

A presidente da Agência de Tecnologia da Informação de Palmas (Agtec), Yrene Nakamura, enfatiza que "a cidade passa por uma virada tecnológica com a chegada do 5G. A capital terá maior navegabilidade nas redes, velocidade, menor consumo de energia e conexão mais estável".

A Transformação Digital torna-se uma prioridade na gestão municipal, consolidando Palmas como um polo inovador no cenário tecnológico nacional. A implementação vem acontecendo gradualmente de acordo com os investimento provindos das agências de telecomunicações interessadas no repasse da tecnologia em paralelo com a Anatel.