Palmas
28º
Araguaína
27º
Gurupi
27º
Porto Nacional
27º
CONSUMIDOR INFORMADO

Procon divulga pesquisa de preço do gás de cozinha em 12 cidades do Estado

29 fevereiro 2024 - 11h47

Para ajudar o consumidor a economizar o Procon Tocantins realizou entre os dias 26 e 27 deste mês, uma pesquisa de preço do gás de cozinha em 147 distribuidoras em doze cidades do Estado. O objetivo é fornecer aos consumidores informações precisas e atualizadas.

SIGA o Portal O Norte nas redes sociais: FacebookTwitter e Instagram

É válido destacar que algumas empresas oferecem descontos extras para pagamentos em dinheiro, o que pode representar uma economia para os consumidores.

“A pesquisa realizada visa orientar os consumidores na hora da compra ajudando o consumidor a não extrapolar o orçamento financeiro” afirma Rafael Pereira Parente, superintendente do Procon Tocantins.

Palmas

Em Palmas, a variação encontrada foi de 13% nos valores. Ao todo, 24 estabelecimentos foram pesquisados e os valores variam de R$ 115,00 a R$ 130,00.

Na Capital, a pesquisa foi realizada em todas as regiões, sendo sul, central, norte, Taquaralto, além do distrito de Taquaruçu.

Araguaína

Em Araguaína, a pesquisa apontou o maior valor praticado entre as cidades pesquisadas, com o gás de cozinha chegando a custar R$ 130,00. O menor preço foi R$ 115,00 e a variação chegou a 13,04%. Foram pesquisadas 22 distribuidoras espalhadas pela cidade.

Araguatins

Em Araguatins os agentes pesquisaram em quatro estabelecimentos comerciais. Sendo que a variação encontrada foi de 4,55%. O maior preço praticado na cidade é R$ 115,00 e o menor R$ 110,00.

Guaraí

Já no município de Guaraí, o Procon Tocantins pesquisou sete distribuidoras do produto, sendo que a variação encontrada foi de 7,27%. O maior preço praticado na cidade é R$ 118,00 e o menor R$ 110,00. Foram pesquisadas 7 distribuidoras espalhadas pela cidade.

Gurupi

Em Gurupi, os agentes de fiscalização do Procon Tocantins pesquisaram dezessete estabelecimentos. A variação apontada foi de 9%. O produto com o menor valor encontrado ficou na casa dos R$ 115,00, enquanto o mais caro, R$ 125,00.

Paraíso do Tocantins

No município de Paraíso do Tocantins, a pesquisa revelou a variação de 12,50%. O menor valor encontrado pelos agentes foi R$ 120,00. Já o maior valor foi de R$ 135,00. No total, 12 distribuidoras foram pesquisadas no município.

Porto Nacional

Em Porto Nacional, foram pesquisados dezessete estabelecimentos que ofertam o produto. O maior valor identificado foi R$ 115,00 e o menor foi R$ 110,00, correspondendo matematicamente a 4,55%.

Colinas do Tocantins

Em Colinas do Tocantins, foram pesquisadas 15 distribuidoras espalhadas pelo município. O botijão de gás teve o menor valor na casa dos R$ 105,00 e o maior de R$ 120,00, apresentando uma variação de 14,29% nos valores.

Dianópolis

A pesquisa de preço revelou em Dianópolis uma variação de 17,65%, A pesquisa foi realizada em oito estabelecimentos e apontou o botijão sendo comercializado entre R$ 102,00 e R$ 120,00.

Tocantinópolis

Em Tocantinópolis os agentes pesquisaram 15 estabelecimentos. A variação apontada foi de 0,81%. O produto com o menor valor encontrado ficou na casa dos R$ 124,00 enquanto o mais caro, R$ 125,00.

Formoso do Araguaia

Em Formoso do Araguaia os agentes pesquisaram 04 estabelecimentos. A variação apontada foi de 4,55%. O produto com o menor valor encontrado ficou na casa dos R$ 110,00 enquanto o mais caro, R$ 115,00.

Miracema do Tocantins

Em Miracema do Tocantins os agentes pesquisaram 05 estabelecimentos. A variação apontada foi de 14,29%. O produto com o menor valor encontrado ficou na casa dos R$ 105,00 enquanto o mais caro, R$ 120,00.

O diretor de fiscalização Magno Silva ressalta que, “É fundamental que os consumidores fiquem atentos aos preços de entrega, que podem variar de acordo com a localidade, por isso reforçamos a necessidade da pesquisa prévia antes da compra do produto”

Em caso de denúncias, o consumidor deve entrar em contato por meio do Disque 151, ou por meio do Whats Denúncia no (63) 99216-6840.