Palmas
29º
Araguaína
29º
Gurupi
30º
Porto Nacional
31º
NO TOCANTINS

Projeto Praia Consciente inicia ação conjunta de educação ambiental

12 julho 2022 - 10h11

Com a chegada da ‘Temporada de Praia’ no Tocantins surgem as praias fluviais, conhecidas popularmente como praias de rio. No mês de julho, com as férias escolares, ocorre um grande fluxo de visitantes, que buscam descanso, diversão, lazer, gera emprego e renda, reunindo além do público local, turistas de outras regiões do Estado e do país, nas belezas naturais das praias tocantinenses.

Para garantir um passeio saudável, com o uso sustentável dos recursos naturais, nesse sábado, 9, teve início às ações de educação ambiental do projeto Praia Consciente, na Praia da Graciosa, em Palmas. No decorrer da temporada, as equipes vão percorrer outros atrativos que registram grande fluxo de visitação, em 15 municípios do Estado.

A ação conjunta do Projeto Praia Consciente conta com a parceira da Secretaria do Meio Ambiente e Recursos Hídricos, Capitania Fluvial do Araguaia-Tocantins - Marinha do Brasil, 22º Batalhão de Infantaria do Exército Brasileiro, Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Tocantins, Defesa Civil do Tocantins, além da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia, Turismo e Cultura, Secretaria da Educação, Juventude e Esportes e Instituto Natureza do Tocantins.

Representando a titular da Semarh, Miyuki  Hyashida, a secretária executiva Karynne Sotero Campos descreveu detalhes da proposta do projeto. “As ações conjuntas do projeto Praia Consciente vão levar educação ambiental à comunidade local, comerciantes, barqueiros, visitantes e turistas das praias, para promover o envolvimento de todos na conservação do meio ambiente e limpeza das praias a fim de evitar a contaminação do solo pelo descarte inadequado dos resíduos gerados durante a temporada”, resumiu Karynne  Sotero.

Segundo a diretora de Educação Ambiental para Sustentabilidade da Semarh, Erliette Gadotti, o Praia Consciente tem a intenção de promover boas práticas. “Queremos garantir a oportunidade à geração atual e futura de desfrutar destas belezas naturais”, reiterou  Erliette Gadotti.

O subtenente do Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Tocantins,  Ten. CBM-TO Adenilson, falou da disposição da corporação. “O Corpo de Bombeiros está sempre pronto para atuar nessa parceria e ajudar no que for preciso. Nos municípios que tem o Corpo de Bombeiros, a Semarh e o projeto Praia Consciente pode sempre contar com a gente”, assegurou o tem CBM-TO Adenilson.

Para o coordenador Adjunto de Defesa Civil, Tenente-Coronel Erisvaldo de Oliveira Alves, a ação conjunta do projeto vai beneficiar a população e o meio ambiente. “A gente sabe que temos belas praias, muitos pontos de banho e é importante preservar. O trabalho conjunto proposto pela Semarh é a forma que dá certo e vem sendo adotada em grandes ações do Estado, em parcerias com instituições municipais, estaduais e federais. No final ganha a população e o meio ambiente”, afirmou o Tenente-Coronel Alves.

A abertura do Projeto Praia Consciente contou com as presenças dos representantes do Exército Brasileiro, na pessoa do Tenente Amaral e da Marinha do Brasil, com o suboficial Airton.

Visitantes

Os visitantes da Praia Graciosa, Talita Gonçalves e Ricardo Gonçalves são do Rio Grande do Sul e elogiaram a iniciativa do projeto. “Essa campanha ajuda as pessoas a manterem a limpeza no local”, ressaltou Talita Gonçalves.Em seguida, Ricardo Gonçalves reiterou. “Sempre é bom ter uma campanha para alertar as pessoas e isto incentiva o acondicionamento adequado ”, concluiu Ricardo Gonçalves.

Praias visitadas

No domingo, as equipes do   Praia Consciente visitaram as praias de Mirassol, Funil e Paredão em Miracema e a Praia do Segredo em Lajeado.De acordo com o projeto, a estimativa é que sejam visitados praias em 15 municípios, nesta temporada, além de Palmas e Miracema, Pedro Afonso, Peixe, Xambioá, Tocantinópolis, Caseara, Araguacema, Tocantínia, Araguatins, Porto Nacional, Miracema, Araguatins, Lajeado, Itaguatins e Itacajá.

Praia Acessível

Além do caráter ambiental, a ação também desenvolve o projeto Praia Acessível que disponibiliza Cadeiras Anfíbias que permitem o acesso aos cadeirantes à água. Em visita à Praia da Graciosa, o mestre de obras, Roberto Carlos Vieira, contou que veio de Goiás para o Tocantins há muitos anos e que num dado momento de sua vida sofreu um acidente, perdeu a mobilidade das pernas e se tornou cadeirante.

Roberto Vieira se dispôs a experimentar a cadeira flutuante e falou da experiência. “Essa foi uma experiência muito boa, a gente que é cadeirante tem muita limitação. A cadeira flutuante tem estabilidade, me senti seguro e confortável, durante a permanência no lago.  A sensação é de poder voltar a viver e voltar a frequentar a praia, foi excelente essa oportunidade”,  afirmou Roberto Vieira.

A Semarh irá comunicar às secretarias municipais do Meio Ambiente a data que a cadeira flutuante está disponível nas respectivas praias.