Palmas
33º
Araguaína
29º
Gurupi
27º
Porto Nacional
33º
FISCALIZAÇÃO

Vigilância Sanitária segue com inspeção da manipulação de alimentos nas praias da Capital

22 julho 2022 - 15h34

A Vigilância Sanitária (Visa) da Secretaria Municipal da Saúde (Semus) de Palmas segue com as inspeções em todas as praias de Palmas. O foco da vistoria em barracas, quiosques e comércios em geral é monitorar o cumprimento de boas práticas no manuseio de alimentos em todos os finais de semana durante o mês de julho e assegurar a qualidade do que é servido à população. Neste fim de semana, mais uma vez, as praias do Caju, Prata, Buritis, das Arnos e Graciosa serão novamente visitadas pelas equipes da Visa. 

O trabalho dos fiscais da Visa, em relação à temporada de praias de 2022, começou ainda em maio, quando as equipes realizaram fiscalizações prévias quanto à aplicação dessas práticas, bem como as medidas protetivas adotadas quanto à Covid-19, com expedição de notificações para as adequações das exigências sanitárias.

Em junho, as praias foram fiscalizadas e os estabelecimentos inspecionados novamente. No mesmo mês, os responsáveis por manipular alimentos em todas as praias passaram por oficinas de boas práticas nesse manuseio para se prepararem para a temporada de praias. 

Ao final da temporada, as equipes da Visa irão confeccionar um relatório geral sobre o trabalho. No documento, serão expostos pontos positivos e negativos identificados, o quantitativo de termos gerados e as recomendações de melhorias à gestão para as próximas temporadas. 

Boas práticas

As boas práticas no manuseio de alimentos são exigidas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). São regras que, quando praticadas, ajudam a reduzir o risco de contaminação dos alimentos, de forma a não oferecer perigos à saúde e à integridade do consumidor.

Confira alguns exemplos: 

mantenha sempre uma boa higiene pessoal. Deve-se dar atenção especial para a higiene correta das mãos sempre antes de manipular ou servir alimentos. Além de manter uma boa higiene corporal e utilizar as vestimentas e equipamentos de proteção adequados. 
use sempre água tratada ou filtrada e fervida. A água utilizada na cozinha deve ser de boa qualidade, ou seja, sem gosto, sem cheiro, transparente e livre de microrganismos perigosos. 
não deixe o lixo acumulado na cozinha. Por atrair insetos, roedores e outros animais, o lixo deve ser descartado em recipientes com tampa e removido diariamente, ou tantas vezes quanto forem necessárias durante o dia. 
mantenha o ambiente, equipamentos e utensílios sempre limpos Deve-se realizar a limpeza e desinfecção de todos equipamentos e utensílios que entrem em contato com os alimentos. Além de manter limpos pisos, paredes, portas, janelas, ralos, banheiros, etc.