Palmas
31º
Araguaína
33º
Gurupi
31º
Porto Nacional
31º
TRIBUNAL DO JÚRI

Acusado de matar homem em festa por ciúme de ex é condenado a 17 anos de prisão

06 dezembro 2023 - 08h18

O Tribunal do Júri de Porto Nacional condenou Vanilson de Sousa a 17 anos e seis meses de prisão pelo assassinado de Alex Moreira Teles. O crime aconteceu em uma distribuidora de bebidas de Luzimangues e teria como motivo ciúmes do réu por causa do relacionamento da vítima com sua ex-namorada.

SIGA o Portal O Norte nas redes sociais: FacebookTwitter e Instagram

No dia 15 de outubro de 2022, durante uma festa que acontecia no estabelecimento, Vanilson, conhecido como Grilo, entrou no local de capacete por volta das 3h30, atirou contra Alex e fugiu correndo da distribuidora. O circuito interno do estabelecimento registrou toda a ação.

Vanilson foi preso no dia 2 de julho deste ano em uma praia de Luzimangues. Ele chegou a apresentar documentos falsos aos policiais que o abordaram. A investigação descobriu que ele também é suspeito de uma tentativa de homicídio, já foi autuado por porte ilegal de arma de fogo e foi preso anteriormente por outros crimes no distrito.

O julgamento pela morte de Alex saiu na segunda-feira (4). De acordo com o Ministério Público, ele foi condenado por homicídio foi duplamente qualificado, praticado por motivo fútil e com uso de recurso que impossibilitou a defesa da vítima.

g1 não conseguiu contato com a defesa do acusado. Ele deverá cumprir a pena inicialmente em regime fechado.

*G1 Tocantins