Palmas
34º
Araguaína
36º
Gurupi
32º
Porto Nacional
32º
EM ARAGUAÍNA

Após ter parte da orelha arrancada por cliente, vendedora sensibiliza influencer e ganha cirurgias

08 dezembro 2023 - 21h34Por Da Redação

Uma vendedora de semijoias foi atacada e teve parte da orelha arrancada por uma cliente dentro de uma loja em Araguaína no Norte do Estado.  

A AGRESSÃO

Segundo informações preliminares, o caso aconteceu por volta das 09h da manhã de quarta-feira (06), mas o caso só repercutiu hoje nas redes sociais com a divulgação dos vídeos mostrando o momento do ataque, quando a agressora invadiu o local de trabalho da vítima e partiu pra cima dela.. 

Imagens do circuito de segurança da loja flagraram o momento das agressões e uma colega de trabalho que também estava no local tentou ajudar a vítima e pediu socorro a outros dois homens que conseguiram impedir que a situação ficasse ainda mais crítica. Depois disso a agressora foi expulsa do local. 

A vítima precisou de atendimento médico porque durante o ataque teve parte da orelha arrancada com uma mordida da agressora. A jovem identificada como Raylland (28 anos) levou pontos na orelha que ficou deformada.

O MOTIVO

Nessa tarde Raylland usou suas redes sociais para falar sobre o caso em seus stories e no feed onde relatou o que teria motivado as agressões. Segundo ela, a então cliente não teria se conformado com a cobrança de uma dívida de semijoias que ela havia comprado dela e não queria terminar de pagar. O valor total da compra seria de pouco mais de R$ 1 mil reais. 

A vendedora conta que cobrou a cliente da mesma forma como faz com qualquer outra pessoa, que adquire suas peças, mas a mulher teria se recusado a pagar o pouco que restava da dívida, partiu para agressão verbal e passou a ameaçá-la dizendo que iria até o seu trabalho para tomar satisfação pessoalmente. "E assim ela fez", relatou a vítima. 

Raylland também foi até à delegacia onde registrou um Boletim de Ocorrência (BO) contra a agressora e também solicitou Medida Protetiva diante das ameaças que vinha sofrendo. 

CIRURGIA PLÁSTICA

A jovem mostrou ainda como ficou a situação de sua orelha bastante deformada e disse que já estava procurando uma clínica em Araguaína para orçar um procedimento cirúrgico, para tentar recuperar o dano causado pela agressora. Ela afirmou que apesar de não ter condições financeiras para isso, estava pensando em alguma maneira de arrecadar o valor do procedimento. "Se eu precisar fazer uma rifa eu vou fazer", disse acrescentando: "Eu estou bem, mas quando olho pra minha orelha fico triste porque eu trabalho com semijoias e preciso expor as peças em mim, então isso não é fácil", lamentou.

Ainda no vídeo, Raylland disse que acreditava que tudo ia ficar bem, agradeceu o apoio e carinho dos amigos e pessoas que se sensibilizaram com o que houve com ela. 

JUSTIÇA 

Sobre a agressora, a vendedora disse que está abrindo um processo contra ela e destacou: "Ela vai ter que pagar na justiça, não sei quanto tempo vai demorar", disse ela destacando que deseja muita luz e sabedoria para que a agressora se transforme em uma pessoa melhor. 

DEMISSÃO 

Por causa da confusão, Raylland ainda acabou sendo demitida da loja onde trabalhava como vendedora e sobre isso ela ressaltou: "Eu não tenho vergonha de trabalhar, eu tenho medo é de faltar as coisas na minha casa, medo dos meus dois filhos me pedirem algo e eu não poder dar pra eles. Para quem tem coragem de trabalhar não falta oportunidade", concluiu. 

SENSIBILIZAÇÃO

Com a repercussão do caso, a influenciadora araguainense Karol Digital sensibilizada com a história da vendedora foi na noite desta sexta-feira (08), na casa de Raylland e em uma visita surpresa confirmou que iria pagar todos os custos para o procedimento de reconstrução da orelha de Raylland e ainda deu de presente para ela outra cirurgia estética para implante de silicone.

 

Emocionada e sem acreditar no que estava acontecendo, Raylland chorou e comemorou agradecendo a iniciativa da influenciadora. 

Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por O NORTE | QUEM É DAQUI ACESSA! (@portalonorte)