Palmas
28º
Araguaína
27º
Gurupi
27º
Porto Nacional
27º
"FIQUEI ASSUSTADO!"

Aposentado encontra maços de dinheiro enterrado no jardim de casa e aciona a polícia

18 fevereiro 2024 - 18h37Por Da Redação

Um funcionário público encontrou quase R$ 60 mil enterrados em um pote de sorvete no quintal da casa que comprou recentemente em Palmas, capital do Tocantins. 

SIGA o Portal O Norte nas redes sociais: FacebookTwitter e Instagram

O caso inusitado aconteceu nesse sábado (17), no imóvel que Raimundo Soares Sobrinho comprou há seis meses na região Norte da capital para sua filha morar. O aposentado vive no interior do Estado, em Itacajá de onde veio esse final de semana para deixar a filha que foi passar um dia com a família. 

Segundo ele, no sábado pela manhã ele resolveu dar uma limpeza no pequeno jardim do imóvel, quando avistou um saco preto enterrado atrás de alguns arbustos e ao puxar percebeu que havia um pote e dentro dele várias maços com cédulas de R$ 100 e R$ 50.

Maços de dinheiro foram encontrados em pote de sorvete — Foto: Polícia Civil/Divulgação

Assustado e nervoso, Raimundo devolveu o saco com dinheiro para o mesmo lugar onde achou e acionou a polícia. 

O senhor Raimundo contou à polícia que comprou a residência no final de agosto do ano passado após ver um anúncio na internet. A casa pertencia à Inêz Piva de Santana, mãe do ex-secretário de Estado de Saúde Afonso Piva, que perdeu o cargo no mesmo mês depois de ser investigado pela Polícia Federal.

Ainda de acordo com o novo proprietário, ele só teve contato com a antiga dona no dia de assinar a transferência do documento do imóvel. Meses depois a filha dele se mudou para a casa e vivia no local desde então.

O servidor aposentado disse que sua primeira atitude após encontar o dinheiro foi pedir a direção de Deus e então ligou para a polícia para comunicar o ocorrido. “É porque o dinheiro não é meu [...] Não importa a quantia, só que não me pertence. Eu não poderia guardar o que não era meu", disse.

O caso foi encaminhado para a Polícia Civil que contabilizou ao todo  R$ 59,9 mil e o valor foi encaminhado para a perícia. Segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP), a investigação do caso ficará a cargo da Polícia Federal.

Ainda na tarde de sábado, a PF esteve na casa em busca de mais indícios e apreendeu vestígios de envelopes e outros objetos não detalhados para passarem por perícia.

O delegado Hayder Eduardo Martins Pereira, responsável pelas buscas destacou que o dinheiro pode ter relação com uma investigação em aberto, mas não deu mais detalhes sobre o caso.