Palmas
28º
Araguaína
27º
Gurupi
27º
Porto Nacional
27º
CASO POLYANA

Autor de acidente fatal em Araguaína é preso no Maranhão; entenda o motivo

02 março 2024 - 12h01

Na manhã desta sexta-feira, 1º, a Polícia Civil do Tocantins, em ação operacional conjunta com a Polícia Civil do Estado do Maranhão, cumpriu mandado de prisão preventiva expedido pela 2ª Vara Criminal da Comarca de Araguaína, em desfavor de um indivíduo de iniciais A.S.M, de 36 anos. Ele é o principal suspeito de provocar o acidente de trânsito que vitimou fatalmente Polyana Ferreira dos Santos, fato ocorrido no dia 3 de janeiro de 2024, na BR-153, em Araguaína.

Pollyane Ferreira dos Santos  Foto: Arquivo Pessoal

Pollyane Ferreira dos Santos — Foto: Arquivo Pessoal

SIGA o Portal O Norte nas redes sociais: FacebookTwitter e Instagram

O delegado Márcio Lopes da Silva, responsável pelas investigações, informou que o indivíduo já tinha sido preso em flagrante no dia do ocorrido, contudo, tinha sido colocado em liberdade pela justiça. Porém, com o aprofundamento das investigações, a Polícia Civil apurou que o investigado estava embriagado, fato constatado não só por meio de teste de etilômetro, mas por testemunhas que o viram ingerindo pelo menos dois copos de cachaça minutos antes em um posto localizado na saída da para Wanderlândia . 

“No decurso dos trabalhos investigativos, uma outra testemunha disse ter presenciado o momento do acidente e narrou que a vítima ainda parou a sua motocicleta e tentou evitar a colisão, porém não houve tempo hábil e ela acabou atingida pelo caminhão conduzido pelo investigado”, ressalta a autoridade policial. 

As investigações da PC-TO apontaram ainda que restou apurado que o investigado gravou um vídeo minutos antes do acidente do próprio celular, por meio do qual foi possível verificar que ele trafegava em uma velocidade superior a 70 km/h. Ante a essas evidências a Polícia Civil representou pela prisão preventiva do investigado, que foi devidamente deferida pelo juízo da 2ª Vara Criminal de Araguaína, após parecer favorável do Ministério Público.

Após levantamentos dos agentes da 29ª DP de Araguaína, o investigado foi localizado na cidade de Estreito (MA) e, com compartilhamento de informações, foi capturado na manhã desta sexta-feira, 1º, por policiais da delegacia de Polícia Civil daquela cidade. Após a realização dos procedimentos legais cabíveis, o indivíduo foi recolhido à Cadeia Pública de Estreito, onde permanecerá à disposição do Poder Judiciário da Comarca de Araguaína. Com a prisão do investigado a Polícia Civil tem um prazo de dez dias para concluir as investigações.