Palmas
28º
Araguaína
25º
Gurupi
27º
Porto Nacional
28º
"UM FILME DE TERROR"

Barco com cantora Manu Bahtidão afunda em praia de Porto Nacional

25 julho 2022 - 17h23Por G1 Tocantins

Um barco que transportava a cantora Manu Bahtidão após show que ocorreu na Praia de Porto Real, em Porto Nacional, afundou e por pouco não aconteceu uma tragédia. O caso ocorreu no domingo (24) e além da equipe, dois filhos da cantora estavam na embarcação, também chamada de voadeira ou rabeta. Felizmente todos que estavam a bordo foram socorridos, mas a cantora contou o desespero que passou durante o naufrágio.

Conforme contou em seu perfil no Instagram, a cantora relatou sobre como ocorreu o acidente e o medo que sentiu de perder os filhos.

Momentos de desespero

O 'pesadelo' aconteceu após o evento. Ela e a equipe se dirigiam ao local para pegar a voadeira para retornar a Porto Nacional, acompanhada do representantes da prefeitura e da organização da temporada Porto Verão 2022. Mas a embarcação já estava lotada e chegaram a questionar isso ao condutor.

"Quando cheguei nessa rabeta não cabia nem eu. Meu filho estava lá atrás, junto com minha filha. Entramos nessa rabeta cheia de gente e um dos meninos falou para o dono da rabeta que estava muito lotada. O cara disse 'não se mete no meu trabalho'", relatou a cantora nos Stories do Instagram.

"No meio do rio essa rabeta estava furada e começou a entrar água. Ela começou a entrar na água e todo mundo caiu. Meu filho estava com colete que não dava para amarrar e eu estava sem colete. Eu não sei nadar, e estava de bota, com a mesma roupa do show. Minha filha entrou em pânico, desesperada porque estava muito escuro", contou Manu.

No momento de desespero, ela disse que só conseguia pensar nos filhos e no que poderia fazer para salvá-los. "A única coisa que eu pensava como mãe era que eu precisava salvar meus filhos, fazer alguma coisa. Eu não estava preocupada comigo mas talvez a força dos meninos estarem ali me deu força para eu sobreviver".

Cantora Manu Bahtirão registrou quando foi para o local do show, em Porto Nacional — Foto: Reprodução/Instagram @manuoficial

Ela disse ainda que alguns momentos depois conseguiram colocar o filho dela em cima da embarcação, que estava virada na água, mas que ele e a filha estavam desesperados e gritando muito.

"Foi como um filme de terror mesmo. Algo horroroso".

Resgate na água

Ainda conforme Manu, momentos após a voadeira afundar e todos caírem na água, um secretário do município chegou em uma embarcação vazia e ajudou a resgatar as pessoas da água.

"O mesmo pessoal que deixou a gente, chegou em uma rabeta nova para socorrer. Outras pessoas passando pararam e foram socorrendo o pessoal", contou, lembrando que todos se seguraram na voadeira virada até que pudessem ser socorridos.

Manu Bahtidão ainda questiona a falta de segurança das embarcações que fazem a travessia de banhistas para a Praia de Porto Real. "Pessoas do local disseram que a rabeta estava furada no dia anterior e que o cara era um irresponsável por fazer o que fez. Disseram que esconderam a rabeta para não mostrar que estava furada. Só sei que preciso achar isso, que agente veja tudo o que aconteceu. É muito sério, poderia ter morrido todo mundo, eu poderia ter perdido minha família por uma irresponsabilidade".

Ela completou ainda que quando a equipe foi levada para a embarcação, além da organização, havia equipes do Corpo de Bombeiros, e nenhuma autoridade questionou a lotação na embarcação.

Em nota divulgada em no Instagram, Manu Bahtidão cancelou show que faria em Igarapé-Miri (PA) para ela e sua equipe se recuperarem do susto. A nota relata ainda que houve perda de pertences e equipamentos de trabalho no naufrágio.