Menu
Busca sábado, 25 de setembro de 2021
(63) 99958-5851
Araguaína
35ºmax
23ºmin
EM ARAGUAÍNA

Família do crime: Mãe e filho são presos em flagrante por tráfico de drogas

03 agosto 2021 - 09h42

Três pessoas, incluindo mãe e filho foram presas por envolvimento com o tráfico de drogas no início da noite desta segunda-feira  (2), em Araguaína no Norte do Tocantins.

Comandada pelo delegado-chefe da unidade antidrogas, José Anchieta de Menezes Filho, a ação deflagrada pela 2ª Divisão de Especializada de Combate a Narcóticos (2ª DENARC), foi no Setor Ana Maria e resultou nas prisões de dois homens de 26 e 45 anos e uma mulher de 44 anos, que seria a mãe de um dos envolvidos. 

A operação foi realizada após investigações apontarem que indivíduos estavam traficando a muito tempo na cidade e que nesta data uma grande quantidade de drogas estaria em seu poder, os policiais civis foram até o endereço localizado no setor Ana Maria e flagraram um suspeito repassando uma quantidade de drogas para o outro.

Os policiais entraram na residência, onde foi localizado uma grande quantidade em tablete de maconha, bem como porções menores da mesma droga. Também foram apreendidos R$ 3.197 reais, proveniente da venda de entorpecentes e uma motocicleta Honda Titan que era usada pelo suspeito.

A mãe de um dos suspeitos que estava na residência foi apontada nas investigações como auxiliar do filho na venda das drogas.

Segundo o delegado Anchieta, as investigações sobre o caso tiveram início há algumas semanas quando os agentes flagraram um intenso movimento de usuários nas proximidades dos referidos locais, em busca de adquirir drogas com os investigados.

Ainda segundo o delegado, os dois homens já tem passagens pelo crime de tráfico de drogas, um em 2018 e o outro em 2009.

Nessa nova prisão, os investigados foram conduzidos até a sede da 2ª DENARC, onde foram ouvidos e autuados por tráfico de drogas e associação para o tráfico.

Após a realização das providências legais cabíveis, os dois homens foram encaminhados a Casa de Prisão Provisória de Araguaína (CPPA), onde permanecerão à disposição do Poder Judiciário. Já a mulher presa foi recolhidas na Unidade Prisional Feminina de Babaçulândia.

 
AO VIVO