Palmas
24º
Araguaína
23º
Gurupi
24º
Porto Nacional
25º
NO TOCANTINS

Funcionário de banco é encontrado após falso sequestro e confessa farsa

17 junho 2022 - 09h14Por Da Redação

A Polícia Militar prendeu um homem de 34 anos suspeito de forjar o próprio sequestro para tentar encobrir desvios na agência bancária que trabalhava em Silvanópolis no Tocantins. 

O caso foi registrado na tarde de quarta-feira (15), quando a PM foi chamada por parentes e informada sobre a suspeita de sequestro. Segundo os parentes, a suposta vítima saiu de casa ainda pela manhã para comprar ração, mas passou horas sem retornar e não atendia o celular.

Diante da situação uma operação conjunta entre as polícias Militar e Civil, deu início às buscas pela região até serem informadas que a possível vítima tinha sido localizada na saída para Pindorama. Ele apresentava até uma perfuração no lado esquerdo do peito, possivelmente causada por uma faca.

O funcionário do banco foi socorrido por terceiros e levado até o hospital da cidade. Na unidade, ele relatou ao delegado que no dia anterior tinha sido abordado por dois indivíduos que tentaram extorqui-lo dizendo que se não arrumasse R$ 100 mil até quarta-feira (15), seria sequestrado e teria a família assassinada.

Depois de receber atendimento médico, o homem foi levado para o destacamento da PM para dar mais esclarecimentos e durante o depoimento ele acabou mudando a versão dos fatos e passou a relatar que há dois anos estava desviando de R$ 2 mil a R$ 3 mil, por mês.

Ele também contou que teria tentado simular o sequestro porque um novo gerente assumiria a agência naquele dia e faria a conferência dos valores disponíveis no cofre.

Por não haver flagrante, após ser ouvido pelo delegado o funcionário que forjou o próprio sequestro foi liberado na presença de familiares. Contudo, foi instaurado um inquérito policial para investigar o caso.