Menu
Busca segunda, 23 de novembro de 2020
(63) 99958-5851
Araguaína
30ºmax
22ºmin
VINGANÇA

Homem é preso suspeito de executar rival que matou sua esposa com 15 tiros

25 outubro 2019 - 19h17Por Redação

Um homem de 27 anos foi preso pela Polícia Civil nessa sexta-feira (25), em Cariri do Tocantins, região Sul do Estado, apontado como principal suspeito de matar um rival de outra facção criminosa, motivado por uma vingança pessoal. 

O crime aconteceu em dezembro do ano passado quando, Jesse Walisson Silva Miranda, foi assassinado em Palmas. As investigações sobre o caso foram coordenadas pelo delegado, da 1ª Divisão de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP) da capital, Guido Camilo Ribeiro. 

De acordo com o delegado Guido Camilo, as investigações da Polícia Civil apontaram que na época dos fatos, havia uma guerra declarada entre duas facções criminosas que resultou em vários homicídios de integrantes de ambos os grupos criminosos. Ainda segundo o delegado, o suposto autor integrava uma das associações criminosas e matou Jesse em retaliação à morte de sua esposa, que supostamente, teria sido morta com cerca de 15 tiros por integrantes da organização criminosa ligada a Jesse, poucos dias antes.

Ainda conforme apontaram as investigações da 1ª DHPP de Palmas, o acerto de contas entre o executor e Jesse se deu poucos dias depois do primeiro deixar a cadeia onde cumpria pena por roubo. No dia dos fatos, o investigado invadiu a casa da vítima e efetuou um disparo no rosto da mesma que veio a óbito no local.

Desse modo, logo após o crime, as equipes da 1ª DHPP intensificaram as investigações as quais apontaram que o investigado era de fato o autor do crime. Diante das evidências, o delegado Guido Camilo representou, junto ao Poder Judiciário, pela prisão do indivíduo. De posse da ordem judicial, os policiais civis foram até a cidade de Cariri do Tocantins, onde o homem estava e deram cumprimento ao mandado judicial em desfavor do mesmo.

O hoem preso já possui outras passagens pela polícia e deverá ser recambiado para Palmas para responder pelas acusações. 

AO VIVO