Palmas
33º
Araguaína
34º
Gurupi
34º
Porto Nacional
33º
VIOLÊNCIA DOMÉSTICA

Homem que agrediu e ameaçou a própria companheira acaba preso

28 maio 2024 - 10h29

Na manhã desta segunda-feira, 27, policiais civis da 5ª Delegacia de Polícia de Palmas, coordenados pelo chefe da unidade, Gilberto Augusto Oliveira Silva, efetuaram a prisão em flagrante de um homem de iniciais M.A.A.R., de 30 anos, pelos crimes de ameaça, lesão corporal e dano, no âmbito de violência doméstica contra a mulher.

SIGA o Portal O Norte nas redes sociais: FacebookTwitter e Instagram

De acordo com o delegado Gilberto Augusto, a ação foi deflagrada depois que a mãe da vítima compareceu à unidade policial e denunciou à equipe policial que  sua filha estava sendo agredida e ameaçada pelo próprio companheiro. “Diante da gravidade da situação, nos deslocamos imediatamente a residência onde ocorriam os fatos, a fim de investigar a veracidade das infomações”, disse. 

Ao chegar ao imóvel, que fica em uma região de chácaras na região sul da Capital, os policiais civis da 5ª DP constataram os fatos, e encontraram a vítima, esposa do autor, bastante abalada, chorando muito e com hematomas, provenientes de agressão, juntamente com mais duas testemunhas. 

Ao ser ouvida, a mulher relatou aos policiais que era constantemente agredida e ameaçada pelo autor, fatos que foram confirmados pelas testemunhas, sendo uma irmã da vítima, que o autor também tinha agredido, e um vizinho que M.A.A.R havia tentado atacar com um canivete. 

A companheira do autor afirmou ainda que o indivíduo estaria nos arredores da casa, próximo a uma região de mata. Imediatamente, os policiais civis começaram as buscas e pouco tempo depois localizaram o homem, o qual ainda estava com um canivete de grande porte na cintura. 

Diante dos fatos, ele foi preso em flagrante e conduzido até a Central de Atendimento à Mulher (CAM), da Polícia Civil, onde foi autuado em flagrante pelos crimes de lesão corporal, ameaça e dano, todos nos contexto de violência doméstica contra a mulher. 

Após a realização dos procedimentos legais cabíveis, o indivíduo foi recolhido à Unidade Penal de Palmas, onde permanecerá à disposição do Poder Judiciário.

O delegado Gilberto Augusto faz um alerta a toda a população para que denuncie casos de agressão contra a mulher e vulneráveis para que a Polícia Civil do Tocantins possa tomar as devidas providências, identificar e prender o agressor ou agressores. 

“É muito importante que a vítima, familiares, amigos ou qualquer pessoa que tenha conhecimento ou testemunhe uma agressão contra a mulher, seja ela física, sexual, psicológica ou de qualquer outra natureza, que compareça até a Delegacia de Polícia Civil mais próxima e faça o registro da ocorrência para que a PC-TO possa deflagrar ações que visem garantir a integridade física da ofendida”, frisou a autoridade policial.