Palmas
21º
Araguaína
23º
Gurupi
21º
Porto Nacional
23º
OPERAÇÃO HÓRUS

Investigado por envolvimento em homicídio é preso durante ação policial conjunta

14 dezembro 2023 - 10h04

Nas primeiras horas da manhã desta quarta-feira, 13, um grande efetivo de policiais civis da 7ª Delegacia Regional de Polícia Civil de Gurupi (7ª DRPC) com apoio da Polícia Civil de Goiás saiu às ruas daquela cidade e também de Cariri do Tocantins com o objetivo de dar cumprimento a mandados de busca e apreensão e também de prisão em desfavor de um homem suspeito de participar de um homicídio ocorrido em São Miguel do Araguaia (GO), no último mês de junho. 

SIGA o Portal O Norte nas redes sociais: FacebookTwitter e Instagram

Conforme explica o delegado regional, Joadelson Rodrigues Albuquerque, a ação faz parte da operação Hórus e ocorreu em apoio a PC-TO do Estado de Goiás. “Trata-se de uma operação conjunta com a Polícia Civil de São Miguel do Araguaia e também de Porangatu, onde foi possível efetuar a prisão de um indivíduo de 41 anos, que estava na cidade de Cariri e foi capturado, na manhã de hoje em cumprimento a mandado de prisão, por suposto envolvimento na morte de um pecuarista de 74 anos, fato este ocorrido no dia 26 de junho deste ano, em São Miguel”, disse o delegado. 

A autoridade policial informou que além do cumprimento do mandado de prisão, policiais civis da 7ª DRPC e da 8ª Divisão de Combate ao Crime Organizado (8ª DEIC), ambas de Gurupi, também deram cumprimento a dois mandados de busca e apreensão em endereços de dois suspeitos na cidade do sul do Estado, onde foram apreendidos objetos de interesse da investigação. 

O crime 

No último dia 26 de junho, o pecuarista Waldemar Ferreira Pimenta conduzia seu veículo pela BR-080, em São Miguel do Araguaia, quando teve o carro interceptado por dois indivíduos que abriram fogo contra o homem, atingido por vários disparos, sobretudo na cabeça, indo a óbito no local. 

Desde então, o crime passou a ser investigado pela Polícia Civil de Goiás, sendo que no dia 4 de agosto deste ano, os dois suspeitos de serem os pistoleiros contratados para executar o pecuarista foram presos na cidade de Tuntum, no Estado do Maranhão. 

Ação integrada 

Ao mesmo tempo em que a ação ocorria no Tocantins, um grupo de policiais civis de Goiás dava cumprimento a seis mandados de prisão, em São Miguel do Araguaia  e também Porangatu, contra indivíduos suspeitos de integrar a organização criminosa responsável pela morte do pecuarista

Após ser preso, em Cariri, o homem de iniciais A.S.L, de 41 anos, foi conduzido até a sede da 12ª Central de Atendimento da Polícia Civil de Gurupi, onde foi formalizado o cumprimento ao mandado de prisão. Em seguida, o indivíduo foi recolhido à Unidade Penal Regional de Gurupi, onde permanecerá à disposição do Poder Judiciário do Estado de Goiás. 

Ao comentar a ação, o delegado-regional Joadelson Rodrigues destacou a união, integração e harmonia da Polícia Civil do Tocantins e também de Goiás, o que possibilitou a ação conjunta que resultou na captura do indivíduo.  “Ao que tudo indica trata-se de um crime de mando, onde um pecuarista foi friamente assassinado por dois indivíduos que já foram identificados e presos. Sendo assim, nesta quarta-feira, a Polícia Civil do Tocantins prestou apoio a PC de Goiás, no sentido de capturar mais um envolvido nesse crime bárbaro e também no cumprimento a mandados judiciais de busca e endereços de outros suspeitos, sendo que os objetos apreendidos vão contribuir para a completa elucidação do caso”, disse o delegado.

*SSP-TO