Palmas
24º
Araguaína
24º
Gurupi
24º
Porto Nacional
26º
EM ARAGUAÍNA

Investigado por matar vítima na porta de casa é identificado e preso

01 fevereiro 2024 - 10h21

A 2ª Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP - Araguaína) deflagou na manhã desta quarta-feira, 31, uma operação policial que resultou na prisão de E.A.C., 50 anos, investigado por crime de homicídio qualificado, ocorrido no dia 28 de abril do ano passado. A vítima, Rafael Souza da Cunha, 32 anos à época, morreu após ser alvejada com três tiros na porta de casa, no Setor Noroeste, em Araguaína.

SIGA o Portal O Norte nas redes sociais: FacebookTwitter e Instagram

As investigações iniciaram logo após o ocorrido, no sentido de identificar a autoria e a motivação para o crime. Rafael foi atingido com dois tiros no peito e um na região do abdômen. “Trata-se de um crime que teve ampla repercussão na cidade pela quantidade de disparos contra a vítima, a qual realizava tratamento psiquiátrico à época”, ressalta o delegado Breno Eduardo Campos Alves, responsável pela investigação.

Conforme apurado durante as investigações, contra a vítima havia registros de ocorrências de perturbações a vizinhos e moradores do setor onde residia. “O crime foi motivado pelo fato de a vítima ameaçar e perseguir familiares do autor preso hoje”, explica o delegado.

E.A.C. foi preso mediante cumprimento de mandado de prisão preventiva, no setor Lago Azul IV. “Assim que conseguimos identificar a autoria, representamos pela prisão do principal suspeito, a qual foi deferida pela justiça e cumprida pela Polícia Civil. Trabalho hercúleo e técnico da Divisão de Homicídio que soluciona e desvenda mais um homicídio ocorrido em 2023”, finaliza o delegado, informando ainda que o trabalho investigativo terá continuidade, no sentido de identificar e responsabilizar um segundo envolvido no crime.

Após os procedimentos legais cabíveis, E.A.C. foi encaminhado para a Unidade Penal Regional de Araguaína.