Menu
Busca domingo, 26 de setembro de 2021
(63) 99958-5851
Araguaína
36ºmax
24ºmin
AÇÃO POLICIAL

Mulheres usam crianças como disfarce para traficar drogas mas acabam presas

30 julho 2021 - 09h07Por Redação

Três mulheres e um homem foram presos em flagrante nesta quinta-feira (29), em Gurupi no Sul do Estado, por envolvimento com tráfico de drogas. Com o grupo, a Polícia Civil com o apoio da Polícia Militar apreendeu mais de 30 kg de entorpecentes. 

A ação foi desencadeada após investigaçõe apontando que um grande carregamento de drogas estaria chegando a Gurupi, ontem.

 De posse das informações e também das características dos veículos, que seriam utilizados para transportar o entorpecente, os policiais foram até as imediações da BR-153, já próximo à cidade de Alvorada, quando interceptaram dois carros que estavam em atitude suspeita. Após buscas no interior de um dos veículos, que era ocupado por duas mulheres e duas crianças, os agentes encontraram uma bolsa contendo várias barras de drogas.

Dentro da bolsa, foram encontrados 36 tabletes de maconha, bem como quatro tabletes de cocaína. As duas mulheres, de 28 e 42 anos, foram presas em flagrante por tráfico de drogas. Um homem de 29 anos e uma mulher de 27 anos, que ocupavam outro veículo, com mais duas crianças, estava atuando como uma espécie de “batedor”, também foram presos por tráfico de drogas.

A ação foi comandada por Rafael Falcão, delegado-chefe da 8ª Divisão de Combate ao Crime Organizado (Deic) e teve apoio da Força Tática do 4° Batalhão da Polícia Militar e também da Polícia Rodoviária Federal (PRF).  

Segundo Falcão, a droga tinha como destino a cidade de Gurupi e foi possível desarticular o grupo, que possui ligação com uma facção criminosa que atua em todo o território nacional e também no Tocantins. Após a realização dos procedimentos os presos foram encaminhados para a Central de Flagrantes de Gurupi, onde foram autuados por tráfico e permanecerão presos à disposição do Poder Judiciário.

Para o delegado Rafael Falcão, a apreensão do entorpecente é mais uma ação significativa das forças de segurança na proteção da sociedade. “A Polícia Civil do Tocantins, junto com as demais forças de segurança, está trabalhando diuturnamente para conter o avanço da criminalidade e das drogas, que chegam até o Tocantins, vindas, sobretudo, de outras unidades da federação. As ações estão sendo intensificadas para que mais prisões e apreensões possam ocorrer em breve”, ressaltou.

AO VIVO