Palmas
31º
Araguaína
33º
Gurupi
34º
Porto Nacional
31º
MÃE DENUNCIOU

Padrasto é preso por estuprar enteada de 9 anos após tentar encobrir o crime

11 janeiro 2024 - 08h38

Um homem de 33 anos foi preso nesta quarta-feira (10), suspeito de estuprar a enteada de 9 anos em Guaraí, região centro-norte do estado. Segundo a Polícia Civil, os abusos aconteceram no ano passado. O padastro chegou a falar para vítima mentir sobre quem era a pessoa que estaria praticando os abusos.

SIGA o Portal O Norte nas redes sociais: FacebookTwitter e Instagram

As investigações iniciaram após a mãe fazer a denúncia de que a filha tinha sido abusada. Durante depoimento, a mulher explicou que ao retornar do trabalho notou que a filha estava no banheiro e apresentava um sangramento intenso na parte íntima. A mãe contou aos policiais que a filha chegou a dizer que um homem desconhecido, que passava pela rua, era o autor do crime.

Segundo a Polícia Civil, ao longo das investigações foi identificado que na verdade não havia uma terceira pessoa envolvida no caso e que o autor era o padrasto da vítima. A enteada chegou a ser abusada pelo menos cinco vezes em 2023. Os crimes aconteciam quando a mãe saía para trabalhar e deixava a criança em casa com o padrasto.

Na manhã desta quarta-feira os policiais cumpriram o mandado de prisão preventiva e levaram o suspeito até a 7ª Central de Atendimento da Polícia Civil, em Guaraí. Em seguida, ele foi encaminhado à Unidade Penal Regional, onde aguardará manifestação da Justiça.

*G1 Tocantins